Barreto quer saber se ferry vem todo o ano se Cafôfo não for presidente

Rui Barreto, líder do CDS-Madeira, reagiu à manchete do JM de hoje referindo que, desde a primeira hora,  o seu partido defende que o Estado deve honrar o princípio da continuidade territorial e garantir o apoio necessário para que a Madeira...

Barreto quer saber se ferry vem todo o ano se Cafôfo não for presidente
Rui Barreto, líder do CDS-Madeira, reagiu à manchete do JM de hoje referindo que, desde a primeira hora,  o seu partido defende que o Estado deve honrar o princípio da continuidade territorial e garantir o apoio necessário para que a Madeira tenha uma ligação marítima de passageiros  com o continente português, durante todo o ano. Num post publicado no facebook, o centrista madeirense refere que quem, durante quatro anos, boicotou essa legítima aspiração dos madeirenses, quer na Assembleia da República, quer através do Governo central, foi o Partido Socialista. E diz que a promessa feita hoje por Paulo Cafôfo e António Costa  "é a materialização daquilo que muitos de nós temíamos: o PS e o Governo central boicotaram intencionalmente à Madeira, durante quatro anos, por motivos meramente partidários".  Rui Barreto afirma que a promessa de hoje levanta outra questão e que tem a ver com a circunstância de Cafôfo não conseguir ser presidente do Governo. Se isso não acontecer "estaremos perante uma chantagem intolerável da República sobre a Madeira, apoiada por madeirenses mais interessados nos seus próprios projetos de poder, do que no desenvolvimento da Região". Rui Barreto questiona, por isso, António Costa, sobre se o PS perder as eleições, o primeiro-ministro vai continuar a apoiar a legítima aspiração dos madeirenses de terem um ferry durante todo o ano.