BIR e fiscalização municipal confiscam esplanadas na Rua da Carreira

Uma equipa do departamento de fiscalização da Câmara Municipal do Funchal apreendeu esta tarde, em conjunto com a Brigada de Intervenção Rápida da PSP, as esplanadas que operavam de forma alegadamente ilegal na Rua da Carreira, Funchal. A operação...

BIR e fiscalização municipal confiscam esplanadas na Rua da Carreira
Uma equipa do departamento de fiscalização da Câmara Municipal do Funchal apreendeu esta tarde, em conjunto com a Brigada de Intervenção Rápida da PSP, as esplanadas que operavam de forma alegadamente ilegal na Rua da Carreira, Funchal. A operação reuniu cerca de 15 elementos. A ação motivou a indignação dos empresários e do CDS que considera, pela voz do deputado na Assembleia Municipal Gonçalo Pimenta, que se tratou de uma ação de “show off”, isto porque, na opinião do partido, a autarquia deveria ter entrado em diálogo com os comerciantes e explicar-lhes as normas, antes de passar à ação. “Pedimos ao presidente da Câmara Municipal do Funchal uma explicação para esta ação ter decorrido sem terem sido notificados previamente os empresários”, frisou Gonçalo Pimenta.   O deputado recordou que o Conselho Consultivo do Comércio e Serviço, proposto pelo CDS, aprovado em Câmara Municipal, “não se reuniu uma única vez” e teria sido uma boa ferramenta para as entidades concertarem uma ação conjunta e determinarem, previamente, as infrações a aplicar aos empresários “prevaricadores”. “Parece-nos uma manobra de diversão pela Polícia Municipal, que ainda não está aprovada”, acrescentou Gonçalo Pimenta. Esta brigada apreendeu, entre outros artigos e segundo relatos dos comerciantes, quadros, flores e cadeiras, enquanto alguns turistas se encontravam a almoçar, tendo ficado surpreendidos com a operação, motivo pelo qual o CDS recomenda ainda “cautela” para não manchar o destino turístico Funchal.