"Cafôfo vai mesmo governar a Madeira", diz Carlos Pereira

Carlos Pereira, deputado do PS- Madeira na Assembleia da República, que falou também na apresentação da candidatura de Paulo Cafôfo às eleições internas de maio, referiu-se satisfeito pelo candidato ter entrado na família socialista. Depois...

"Cafôfo vai mesmo governar a Madeira", diz Carlos Pereira
Carlos Pereira, deputado do PS- Madeira na Assembleia da República, que falou também na apresentação da candidatura de Paulo Cafôfo às eleições internas de maio, referiu-se satisfeito pelo candidato ter entrado na família socialista. Depois das boas vindas, Carlos Pereira admitiu que houve divergências no caminho a seguir, mas referiu que entende que Paulo Cafôfo é sem dúvida o candidato do partido ao Governo. Valorizou a militância e falou também no facto de entender que o PS não pode saltar de projeto em projeto. Perde consistência, pede coerência. "Não podemos interromper ciclos políticos. Estamos a meio de um ciclo em que devemos dar essa oportunidade ao Paulo Cafôfo e ao que é o nosso desejo de vir a governar a Madeira", afirmou. "Não interrompamos ciclos políticos", apelou Carlos Pereira. O deputado no Parlamento nacional frisou que o partido que não está unido não ganha eleições mas referiu que unidade não significa que não possa haver divergência de opiniões. "Estou aqui para construir essa unidade", sublinhou. "Eu vou ser um contributo para a unidade", concretizou. Carlos Pereira defende uma visão estratégica para a Região e admite que possa ter falhado nisso enquanto líder do PS. Deixou esse desafio a Paulo Cafôfo para que seja encontrado um rumo certo. "Temos que ter a mesma história sobre aquilo que queremos para a Madeira", adiantou. A sala do hotel onde está a ser apresentada a candidatura de Cafôfo é pequena e está a transbordar. Há gente de pé e no corredor.