Camionista madeirense insultado pela polícia em Oviedo

Renato Pedro, um camionista madeirense que continua a atravessar a Europa, fez novo desabafo sobre a situação difícil que está a viver com todo o drama em torno do Covid-19, depois das declarações ao JM e à 88.8, em que disse que a situação atual na Europa “parece um filme de terror”. Um filme de terror que continua, já que, conforme relatou, na sua página do Facebook, “agora mesmo, ia fazer comida em Oviedo, no norte de Espanha, e a polícia chegou ao meu lado e perguntou ‘que fazes aqui’. Ao que o madeirense respondeu que é camionista, estava a descarregar uma encomenda e parou um pouco para comer qualquer coisa”. Recebeu como resposta: “vá, já para dentro do camião”. Uma atitude que o deixou deveras incomodado, conforme lamentou, no desabafo.

Camionista madeirense insultado pela polícia em Oviedo
Renato Pedro, um camionista madeirense que continua a atravessar a Europa, fez novo desabafo sobre a situação difícil que está a viver com todo o drama em torno do Covid-19, depois das declarações ao JM e à 88.8, em que disse que a situação atual na Europa “parece um filme de terror”. Um filme de terror que continua, já que, conforme relatou, na sua página do Facebook, “agora mesmo, ia fazer comida em Oviedo, no norte de Espanha, e a polícia chegou ao meu lado e perguntou ‘que fazes aqui’. Ao que o madeirense respondeu que é camionista, estava a descarregar uma encomenda e parou um pouco para comer qualquer coisa”. Recebeu como resposta: “vá, já para dentro do camião”. Uma atitude que o deixou deveras incomodado, conforme lamentou, no desabafo.