Carro desgovernado colide contra muro e faz três vítimas no Funchal (com fotos)

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, e uma profissional de saúde, prestaram assistência às vítimas até à chegada das equipas de socorro. Um veículo desgovernado deslizou esta tarde pela Rua Francisco de Sousa e só ficou imobilizado ao colidir contra um muro situado no final desta descida, num largo junto a estabelecimentos de restauração da promenade do Lido. O carro em que seguia uma família, nomeadamente um homem e duas jovens menores, terá alegadamente ficado sem travões nesta via perpendicular à Rua Simplício dos Passos Gouveia, pelo que a violência do embate deixou todos os ocupantes feridos. Os sinistrados saíram da viatura pelo próprio pé, sendo que uma das jovens, a vítima num estado mais grave, apresentava suspeita de fratura de uma costela, o que lhe estava a causar muitas dores e dificuldade em respirar. Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional, e uma médica, que se encontravam no local, prestaram assistência às vítimas até à chegada das equipas de socorro, permanecendo no teatro de operações até se certificarem de que tudo corria bem até ao transporte das vítimas ao hospital. O socorro pré-hospitalar aos três feridos foi inicialmente efetuado pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), que, entretanto, acionou para o local uma segunda ambulância a cargo do Corpo de Bombeiros Sapadores do Funchal para socorrer e transportar uma das vítimas. Uma das sinistradas teve de ser imobilizada com colete de extração de vítimas de trauma para que fosse transportada para o hospital, sendo que esta adolescente, com suspeita de fratura, deu entrada na sala zero do Hospital Dr. Nélio Mendonça para receber assistência médica. O condutor do veículo terá escapado incólume a este acidente, sendo que a outra jovem, que se queixava de dores na zona do tórax, foi socorrida pelos Bombeiros Sapadores do Funchal, corporação que procedeu também à deposição de farelo na via. A Polícia de Segurança Pública esteve no local e tomou conta da ocorrência, sendo que os danos na viatura são avultados, bem com na estrutura que impediu que a viatura entrasse por uma pizzaria dentro. Segundo uma fonte policial, o despiste terá sido causado por uma avaria mecânica na viatura.

Carro desgovernado colide contra muro e faz três vítimas no Funchal (com fotos)
O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, e uma profissional de saúde, prestaram assistência às vítimas até à chegada das equipas de socorro. Um veículo desgovernado deslizou esta tarde pela Rua Francisco de Sousa e só ficou imobilizado ao colidir contra um muro situado no final desta descida, num largo junto a estabelecimentos de restauração da promenade do Lido. O carro em que seguia uma família, nomeadamente um homem e duas jovens menores, terá alegadamente ficado sem travões nesta via perpendicular à Rua Simplício dos Passos Gouveia, pelo que a violência do embate deixou todos os ocupantes feridos. Os sinistrados saíram da viatura pelo próprio pé, sendo que uma das jovens, a vítima num estado mais grave, apresentava suspeita de fratura de uma costela, o que lhe estava a causar muitas dores e dificuldade em respirar. Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional, e uma médica, que se encontravam no local, prestaram assistência às vítimas até à chegada das equipas de socorro, permanecendo no teatro de operações até se certificarem de que tudo corria bem até ao transporte das vítimas ao hospital. O socorro pré-hospitalar aos três feridos foi inicialmente efetuado pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), que, entretanto, acionou para o local uma segunda ambulância a cargo do Corpo de Bombeiros Sapadores do Funchal para socorrer e transportar uma das vítimas. Uma das sinistradas teve de ser imobilizada com colete de extração de vítimas de trauma para que fosse transportada para o hospital, sendo que esta adolescente, com suspeita de fratura, deu entrada na sala zero do Hospital Dr. Nélio Mendonça para receber assistência médica. O condutor do veículo terá escapado incólume a este acidente, sendo que a outra jovem, que se queixava de dores na zona do tórax, foi socorrida pelos Bombeiros Sapadores do Funchal, corporação que procedeu também à deposição de farelo na via. A Polícia de Segurança Pública esteve no local e tomou conta da ocorrência, sendo que os danos na viatura são avultados, bem com na estrutura que impediu que a viatura entrasse por uma pizzaria dentro. Segundo uma fonte policial, o despiste terá sido causado por uma avaria mecânica na viatura.