CHEGA conseguiu "um resultado aceitável"

Com 619 votos, o Chega obteve 0,43% dos votos nestas eleições regionais, às quais concorreu pela primeira vez. O cabeça de lista, Miguel Teixeira, refere que “estas eleições regionais foram atípicas, fruto de uma enorme bipolarização política...

CHEGA conseguiu "um resultado aceitável"
Com 619 votos, o Chega obteve 0,43% dos votos nestas eleições regionais, às quais concorreu pela primeira vez. O cabeça de lista, Miguel Teixeira, refere que “estas eleições regionais foram atípicas, fruto de uma enorme bipolarização política que prejudicou todos os pequenos e novos partidos.” Refere que comparativamente aos resultados de partidos como o BE e o PAN, o CHEGA “consegue um resultado aceitável, ficando à frente de partidos com décadas de implantação na Madeira.” “Estas eleições regionais mostram que o CHEGA vai ser a grande surpresa das eleições do dia 6 de Outubro e que, inclusivamente na Madeira, a votação vai ser significativamente mais expressiva”, assegurou Miguel Teixeira, acrescentando que o partido está implantado em todo o País e que isso se irá refletir daqui a duas semanas.