Corpo encontrado numa praia em Mafra poderá ser do cantor Zé do Pipo

Um ano e meio depois o mistério em torno do desaparecimento de Zé do Pipo pode estar prestes a ser desfeito. O Ministério Público e a Polícia Marítima recorreram a testes de ADN para apurar se o corpo encontrado em avançado estado de decomposição...

Corpo encontrado numa praia em Mafra poderá ser do cantor Zé do Pipo
Um ano e meio depois o mistério em torno do desaparecimento de Zé do Pipo pode estar prestes a ser desfeito. O Ministério Público e a Polícia Marítima recorreram a testes de ADN para apurar se o corpo encontrado em avançado estado de decomposição numa praia no concelho de Mafra pode pertencer ao cantor. O MP insiste em apurar mais pormenores e testemunhos no caso do desaparecimento do cantor, de 40 anos, que foi visto pela última vez de 5 para 6 de novembro de 2018, em Peniche. A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou ao Correio de Manhã que "foi determinada a realização de um exame pericial para comparação do ADN recolhido ao cadáver encontrado" a 20 de novembro de 2019 na praia da Calada, na Encarnação, Mafra. Foi também recolhido ADN dos familiares do artista. Até à data não há mais qualquer informação sobre o assunto. O site da revista Maria contactou Luís Martins, o ex-agente do cantor, que garantiu não saber de nada.