Covid-19: China soma um caso local e 24 oriundos do exterior

A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter identificado um caso de contágio local, nas últimas 24 horas, na cidade de Qingdao, nordeste do país, e 24 casos oriundos do exterior. O contágio local é o de uma enfermeira, de 34 anos, que trabalhava no Hospital para Doenças Pulmonares de Qingdao, foco de um surto de covid-19 na primeira quinzena de outubro, devido à desinfeção negligente do aparelho usado por um paciente infetado. As autoridades de saúde não relataram nenhum contágio local em Kashgar, na província de Xinjiang, no extremo noroeste do país, onde no último domingo foi detetado outro surto, que infetou dezenas de pessoas. Os 24 casos importados foram diagnosticados nos municípios de Xangai (leste) e Tianjin (nordeste) e nas províncias de Fujian (sudeste), Guangdong (sul), Sichuan (centro) e Yunnan (sudoeste). As autoridades disseram que, nas últimas 24 horas, 24 pacientes receberam alta, pelo que o número de pessoas infetadas ativas no país se fixou em 339, incluindo sete doentes em estado grave. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Covid-19: China soma um caso local e 24 oriundos do exterior
A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter identificado um caso de contágio local, nas últimas 24 horas, na cidade de Qingdao, nordeste do país, e 24 casos oriundos do exterior. O contágio local é o de uma enfermeira, de 34 anos, que trabalhava no Hospital para Doenças Pulmonares de Qingdao, foco de um surto de covid-19 na primeira quinzena de outubro, devido à desinfeção negligente do aparelho usado por um paciente infetado. As autoridades de saúde não relataram nenhum contágio local em Kashgar, na província de Xinjiang, no extremo noroeste do país, onde no último domingo foi detetado outro surto, que infetou dezenas de pessoas. Os 24 casos importados foram diagnosticados nos municípios de Xangai (leste) e Tianjin (nordeste) e nas províncias de Fujian (sudeste), Guangdong (sul), Sichuan (centro) e Yunnan (sudoeste). As autoridades disseram que, nas últimas 24 horas, 24 pacientes receberam alta, pelo que o número de pessoas infetadas ativas no país se fixou em 339, incluindo sete doentes em estado grave. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.