Covid-19: Coreia do Sul com 67 novos casos, maior aumento diário em três semanas

A Coreia do Sul registou 67 novos casos de covid-19, nas últimas 24 horas, no maior aumento diário em cerca de três semanas, foi hoje anunciado. As autoridades sanitárias sul-coreanas disseram que, com estes novos casos, o número total de infeções diagnosticadas no país desde o início da epidemia, é de 12.373. Este é o maior aumento diário desde 28 de maio, quando as autoridades detetaram 79 novos casos da doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). Responsáveis indicaram que 31 dos novos casos são oriundos do exterior e 36 são de transmissão local. A Coreia do Sul, que contabilizou um total de 280 mortes causadas pela covid-19, está a tentar controlar novos contágios surgidos desde o início de maio, altura em que as autoridades aliviaram as medidas de distanciamento social. A maioria dos novos casos de covid-19 tem sido detetada na área metropolitana da capital sul-coreana, Seul, onde reside cerca de metade dos 51 milhões de habitantes do país. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 456 mil mortos e infetou mais de 8,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Covid-19: Coreia do Sul com 67 novos casos, maior aumento diário em três semanas
A Coreia do Sul registou 67 novos casos de covid-19, nas últimas 24 horas, no maior aumento diário em cerca de três semanas, foi hoje anunciado. As autoridades sanitárias sul-coreanas disseram que, com estes novos casos, o número total de infeções diagnosticadas no país desde o início da epidemia, é de 12.373. Este é o maior aumento diário desde 28 de maio, quando as autoridades detetaram 79 novos casos da doença causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). Responsáveis indicaram que 31 dos novos casos são oriundos do exterior e 36 são de transmissão local. A Coreia do Sul, que contabilizou um total de 280 mortes causadas pela covid-19, está a tentar controlar novos contágios surgidos desde o início de maio, altura em que as autoridades aliviaram as medidas de distanciamento social. A maioria dos novos casos de covid-19 tem sido detetada na área metropolitana da capital sul-coreana, Seul, onde reside cerca de metade dos 51 milhões de habitantes do país. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 456 mil mortos e infetou mais de 8,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.