Covid-19: Equipas de futebol na Suíça preparam regresso aos treinos na segunda-feira

As equipas de futebol na Suíça estão a preparar o regresso aos treinos, autorizados a partir de segunda-feira, numa altura em que existe incerteza sobre o recomeço do campeonato devido à pandemia da covid-19. Os clubes suíços têm autorização para regressar aos treinos a partir de segunda-feira, no entanto, o Conselho Federal, que chegou a apontar o dia 08 de junho como data para o recomeço do campeonato, vai tomar uma decisão do dia 27 de maio. De seguida, os clubes vão reunir-se em assembleia-geral, sendo agora apontadas as datas de 20 e 21 de junho para um possível regresso da competição. A Liga suíça de futebol, interrompida a 23 de fevereiro, é liderada St-Gallen, em igualdade de pontos (45) com o Young Boys, com o Basel em terceiro a cinco pontos dos líderes, quando faltam disputar 13 jornadas. Apesar da autorização para o regresso aos treinos, existem clubes que contestam a decisão, como o caso do Sion, que considera que tem mais a perder do que a ganhar. “93% dos nossos recursos são provenientes das bilheteiras, assinantes e patrocinadores e apenas 7% dos direitos televisivos. Retomar o campeonato à porta fechada significa perder muito dinheiro”, disse Christian Constantin, presidente do Sion. O líder do atual oitavo classificado, primeiro acima da ‘linha de água’, explicou que o regresso ao trabalho privaria o clube de medidas de apoio, como o ‘lay-off’, que permite ao clube reduzir as despesas em “cerca de 65%”. Por outro lado, o Young Boys, que está na luta pelo título, quer terminar a temporada nos relvados e definir um campeão, os clubes apurados para as competições europeias e quem desce de divisão, salientou Wanja Greuel, diretor geral do clube. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 276 mil mortos e infetou mais de 3,9 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Covid-19: Equipas de futebol na Suíça preparam regresso aos treinos na segunda-feira
As equipas de futebol na Suíça estão a preparar o regresso aos treinos, autorizados a partir de segunda-feira, numa altura em que existe incerteza sobre o recomeço do campeonato devido à pandemia da covid-19. Os clubes suíços têm autorização para regressar aos treinos a partir de segunda-feira, no entanto, o Conselho Federal, que chegou a apontar o dia 08 de junho como data para o recomeço do campeonato, vai tomar uma decisão do dia 27 de maio. De seguida, os clubes vão reunir-se em assembleia-geral, sendo agora apontadas as datas de 20 e 21 de junho para um possível regresso da competição. A Liga suíça de futebol, interrompida a 23 de fevereiro, é liderada St-Gallen, em igualdade de pontos (45) com o Young Boys, com o Basel em terceiro a cinco pontos dos líderes, quando faltam disputar 13 jornadas. Apesar da autorização para o regresso aos treinos, existem clubes que contestam a decisão, como o caso do Sion, que considera que tem mais a perder do que a ganhar. “93% dos nossos recursos são provenientes das bilheteiras, assinantes e patrocinadores e apenas 7% dos direitos televisivos. Retomar o campeonato à porta fechada significa perder muito dinheiro”, disse Christian Constantin, presidente do Sion. O líder do atual oitavo classificado, primeiro acima da ‘linha de água’, explicou que o regresso ao trabalho privaria o clube de medidas de apoio, como o ‘lay-off’, que permite ao clube reduzir as despesas em “cerca de 65%”. Por outro lado, o Young Boys, que está na luta pelo título, quer terminar a temporada nos relvados e definir um campeão, os clubes apurados para as competições europeias e quem desce de divisão, salientou Wanja Greuel, diretor geral do clube. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 276 mil mortos e infetou mais de 3,9 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.