Covid-19: França registou hoje 35.641 novos casos

Um em cada cinco exames realizados em França para detetar o novo coronavírus é positivo, informaram hoje as autoridades sanitárias, indicando que nas últimas 24 horas morreram 224 pessoas e registaram-se 35.641 novos casos. As autoridades sanitárias francesas indicaram que, com os 35.641 novos casos positivos, o número de infetados totaliza mais de 1,3 milhões, enquanto o número total de mortos chega aos 36.788. Nos últimos sete dias, 16.865 pessoas foram internadas em hospitais devido à covid-19, das quais 2.507 estão em cuidados intensivos. A França, que tem quase 2.500 focos identificados, dos quais quase 700 em lares de idosos, tem 96 dos seus 100 departamentos em situação vulnerável. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 45,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Os Estados Unidos da América são o país com mais mortos (229.710 e também com mais casos de infeção confirmados (mais de nove milhões). Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (46.555 mortos, mais de um milhão de casos), seguido de Itália (38.618 mortos, mais de 679 mil casos). A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Covid-19: França registou hoje 35.641 novos casos
Um em cada cinco exames realizados em França para detetar o novo coronavírus é positivo, informaram hoje as autoridades sanitárias, indicando que nas últimas 24 horas morreram 224 pessoas e registaram-se 35.641 novos casos. As autoridades sanitárias francesas indicaram que, com os 35.641 novos casos positivos, o número de infetados totaliza mais de 1,3 milhões, enquanto o número total de mortos chega aos 36.788. Nos últimos sete dias, 16.865 pessoas foram internadas em hospitais devido à covid-19, das quais 2.507 estão em cuidados intensivos. A França, que tem quase 2.500 focos identificados, dos quais quase 700 em lares de idosos, tem 96 dos seus 100 departamentos em situação vulnerável. A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 45,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Os Estados Unidos da América são o país com mais mortos (229.710 e também com mais casos de infeção confirmados (mais de nove milhões). Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (46.555 mortos, mais de um milhão de casos), seguido de Itália (38.618 mortos, mais de 679 mil casos). A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.