Covid-19: Lisboa e Vale do Tejo com 75% dos novos casos

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) continua a ser a região do país com mais casos diários de infeção por Covid-19, com 75% dos 342 casos reportados hoje em cinco regiões, segundo a Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da situação epidemiológica em Portugal, a região de LVT tem hoje 75% dos novos casos, depois de ter registado 90% das infeções no sábado, 89% na sexta-feira, 93,3% na quinta-feira, 91,5% na quarta-feira e 81,02% na terça-feira. A região de LVT é onde se tem concentrado a realização de testes nos últimos dias. Segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, dos 255 novos casos registados em LVT, 101 provêm da operação de rastreio na Área Metropolitana de Lisboa. Relativamente aos 342 novos casos reportados desde sábado, a região de LVT regista 255, a região Norte 54, o Centro 24, Alentejo 2 e Algarve 7. Nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores não foram reportados novos casos, continuando com 90 e 141 casos, respetivamente. Quando aos óbitos, o boletim hoje divulgado indica que foram registado mais 5 mortes, para um total de 1.479 desde o início da contagem em Portugal, três na região de LVT e dois na região Norte. Em relação aos dados divulgados no sábado, LVT contabiliza 255 novos casos, para um total de 13.073, o Norte, com 54 novos casos, representa 16% dos novos infetados, para um total de 16.909, o Centro, com 24, representa 7% para 3.823, o Alentejo, com dois novos infetados, representa 0,6% para 268, e o Algarve representa 2%, com sete novos casos, para 389. Na conferência de imprensa diária sobre a situação epidemiológica em Portugal, Marta Temida adiantou que as autoridades e administrações regionais de saúde do Norte e do Centro transmitiram que os números divulgados hoje dessas regiões “não são todos casos novos do dia”, correspondendo alguns “a notificações que foram recebidas, mas que não estavam ainda registadas nas bases de dados”. Lisboa continua a ser o concelho do país com mais infetados, num total de 2.614 (mais 19 do que no sábado). Sintra, também na Área Metropolitana de Lisboa (AML), é o terceiro concelho do país com mais infetados. Contudo, relativamente a sábado, não foram reportados novos casos, continuando a contabilizarem-se 1.558. Na AML, Loures está com 1.209 (+18 que no sábado), a Amadora com 1.031 (+8), Odivelas com 678 (+23), Cascais permanente com 649, Oeiras continua com 495, Vila Franca de Xira está com 485 (+6), Almada com 455 (+8) e o Seixal com 450 (+8). No Norte, os concelhos com mais casos acumulados são os de Vila Nova de Gaia (1.592), do Porto (1.414), de Matosinhos (1.292), de Braga (1.256) e de Gondomar (1.093). Comparando com o dia de sábado, o número de infetados nestes cinco concelhos não registou qualquer alteração.  Portugal regista hoje 1.479 mortes relacionadas com a covid-19, mais cinco do que no sábado, e 34.693 infetados, mais 342, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Em comparação com os dados de sábado, em que se registavam 1.474, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,3%. Já os casos e infeção subiram 1%. Na Região de Lisboa e Vale do Tejo (13.073), onde se tem registado maior número de surtos, há mais 255 casos de infeção (+2%). A DGS realça que os números apresentados referem-se ao total de notificações médicas no sistema SINAVE (excluindo notificações laboratoriais), pelo que podem "não corresponder à totalidade dos casos por concelho”.

Covid-19: Lisboa e Vale do Tejo com 75% dos novos casos
Lisboa e Vale do Tejo (LVT) continua a ser a região do país com mais casos diários de infeção por Covid-19, com 75% dos 342 casos reportados hoje em cinco regiões, segundo a Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da situação epidemiológica em Portugal, a região de LVT tem hoje 75% dos novos casos, depois de ter registado 90% das infeções no sábado, 89% na sexta-feira, 93,3% na quinta-feira, 91,5% na quarta-feira e 81,02% na terça-feira. A região de LVT é onde se tem concentrado a realização de testes nos últimos dias. Segundo a ministra da Saúde, Marta Temido, dos 255 novos casos registados em LVT, 101 provêm da operação de rastreio na Área Metropolitana de Lisboa. Relativamente aos 342 novos casos reportados desde sábado, a região de LVT regista 255, a região Norte 54, o Centro 24, Alentejo 2 e Algarve 7. Nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores não foram reportados novos casos, continuando com 90 e 141 casos, respetivamente. Quando aos óbitos, o boletim hoje divulgado indica que foram registado mais 5 mortes, para um total de 1.479 desde o início da contagem em Portugal, três na região de LVT e dois na região Norte. Em relação aos dados divulgados no sábado, LVT contabiliza 255 novos casos, para um total de 13.073, o Norte, com 54 novos casos, representa 16% dos novos infetados, para um total de 16.909, o Centro, com 24, representa 7% para 3.823, o Alentejo, com dois novos infetados, representa 0,6% para 268, e o Algarve representa 2%, com sete novos casos, para 389. Na conferência de imprensa diária sobre a situação epidemiológica em Portugal, Marta Temida adiantou que as autoridades e administrações regionais de saúde do Norte e do Centro transmitiram que os números divulgados hoje dessas regiões “não são todos casos novos do dia”, correspondendo alguns “a notificações que foram recebidas, mas que não estavam ainda registadas nas bases de dados”. Lisboa continua a ser o concelho do país com mais infetados, num total de 2.614 (mais 19 do que no sábado). Sintra, também na Área Metropolitana de Lisboa (AML), é o terceiro concelho do país com mais infetados. Contudo, relativamente a sábado, não foram reportados novos casos, continuando a contabilizarem-se 1.558. Na AML, Loures está com 1.209 (+18 que no sábado), a Amadora com 1.031 (+8), Odivelas com 678 (+23), Cascais permanente com 649, Oeiras continua com 495, Vila Franca de Xira está com 485 (+6), Almada com 455 (+8) e o Seixal com 450 (+8). No Norte, os concelhos com mais casos acumulados são os de Vila Nova de Gaia (1.592), do Porto (1.414), de Matosinhos (1.292), de Braga (1.256) e de Gondomar (1.093). Comparando com o dia de sábado, o número de infetados nestes cinco concelhos não registou qualquer alteração.  Portugal regista hoje 1.479 mortes relacionadas com a covid-19, mais cinco do que no sábado, e 34.693 infetados, mais 342, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Em comparação com os dados de sábado, em que se registavam 1.474, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,3%. Já os casos e infeção subiram 1%. Na Região de Lisboa e Vale do Tejo (13.073), onde se tem registado maior número de surtos, há mais 255 casos de infeção (+2%). A DGS realça que os números apresentados referem-se ao total de notificações médicas no sistema SINAVE (excluindo notificações laboratoriais), pelo que podem "não corresponder à totalidade dos casos por concelho”.