Covid-19: Ministério da Saúde angolano cancela testagem aleatória de alunos sem explicar motivos

A testagem em massa de alunos das escolas angolanas, prevista para terça-feira, foi cancelada pouco depois de ter sido anunciada pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda. Durante o balanço epidemiológico diário sobre a covid-19, o responsável da área da Saúde anunciou que a partir de terça-feira seria iniciada a testagem aleatória dos alunos, através de testes serológicos, abrangendo mil alunos de dez escolas. Cerca de duas horas mais tarde, o gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do ministério da Saúde (MINSA) comunicou que a testagem foi cancelada, sem adiantar explicações. “A nova data será anunciada oportunamente”, segundo o comunicado do MINSA. Angola totaliza 5.530 casos de infeção, dos quais 2.591 recuperados, 2740 ativos, entre os quais 16 cítricos e 14 graves e 199 óbitos. Hoje foram retomadas as aulas presenciais em Angola, abrangendo por enquanto apenas as classes de exame (6ª, 9ª, 12ª e 13ª classes). A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.018 em Portugal.

Covid-19: Ministério da Saúde angolano cancela testagem aleatória de alunos sem explicar motivos
A testagem em massa de alunos das escolas angolanas, prevista para terça-feira, foi cancelada pouco depois de ter sido anunciada pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda. Durante o balanço epidemiológico diário sobre a covid-19, o responsável da área da Saúde anunciou que a partir de terça-feira seria iniciada a testagem aleatória dos alunos, através de testes serológicos, abrangendo mil alunos de dez escolas. Cerca de duas horas mais tarde, o gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do ministério da Saúde (MINSA) comunicou que a testagem foi cancelada, sem adiantar explicações. “A nova data será anunciada oportunamente”, segundo o comunicado do MINSA. Angola totaliza 5.530 casos de infeção, dos quais 2.591 recuperados, 2740 ativos, entre os quais 16 cítricos e 14 graves e 199 óbitos. Hoje foram retomadas as aulas presenciais em Angola, abrangendo por enquanto apenas as classes de exame (6ª, 9ª, 12ª e 13ª classes). A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.018 em Portugal.