Covid-19: Seleção Nacional cede metade de prémio ao fundo da FPF

A Seleção Nacional de futebol vai abdicar de metade do prémio de qualificação para o Euro 2020 e doá-lo ao fundo de apoio às competições não profissionais, criado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) devido à pandemia de covid-19. Em comunicado, a FPF esclarece que "os jogadores, a equipa técnica, os dirigentes de topo e o staff decidiram ceder metade do prémio" ao fundo criado para "auxiliar o futebol amador". "A verba reforçará o fundo de apoio às competições criado pela FPF e que prevê a distribuição de 4,7 milhões de euros às associações distritais e clubes de futebol não profissional, para que jogadores e treinadores possam ser apoiados até ao final da época 2019/20", pode ler-se.

Covid-19: Seleção Nacional cede metade de prémio ao fundo da FPF
A Seleção Nacional de futebol vai abdicar de metade do prémio de qualificação para o Euro 2020 e doá-lo ao fundo de apoio às competições não profissionais, criado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) devido à pandemia de covid-19. Em comunicado, a FPF esclarece que "os jogadores, a equipa técnica, os dirigentes de topo e o staff decidiram ceder metade do prémio" ao fundo criado para "auxiliar o futebol amador". "A verba reforçará o fundo de apoio às competições criado pela FPF e que prevê a distribuição de 4,7 milhões de euros às associações distritais e clubes de futebol não profissional, para que jogadores e treinadores possam ser apoiados até ao final da época 2019/20", pode ler-se.