Derrame na Travessa do Papagaio Verde deverá ser resolvido esta semana

A Câmara Municipal do Funchal fez saber ao JM que "até ao final desta semana" será realizada uma intervenção, na Travessa do Papagaio Verde, onde um derrame de água preocupa os moradores há cerca de dois meses. Um desses moradores alertou o...

Derrame na Travessa do Papagaio Verde deverá ser resolvido esta semana
A Câmara Municipal do Funchal fez saber ao JM que "até ao final desta semana" será realizada uma intervenção, na Travessa do Papagaio Verde, onde um derrame de água preocupa os moradores há cerca de dois meses. Um desses moradores alertou o JM para esta situação, logo nos primeiros dias em que a água persistiu em alagar a via pública, e depois de ter lançado um alerta online para os serviços camarários. As pessoas desconhecem a origem desta situação de desperdício de água e lamentam o facto de não terem obtido uma resposta aos alertas lançados. O morador ouvido pelo JM disse que não nota um agravamento na conta da água da respetiva moradia, mas, nem por isso fica descansado, porque para todos os efeitos, qualquer perda de água é lesiva para toda a comunidade. É sabido que as perdas de água potável são uma preocupação no concelho. Ainda hoje, conforme o JM noticiou, o presidente da Câmara Municipal anunciou, em conferência de imprensa, São Martinho parte de uma zona piloto do município onde, em fevereiro, terá início uma empreitada de controlo e fugas nas redes de água concelhias. Santo António, São Roque e São Pedro são as outras freguesias que vão beneficiar desta primeira fase da intervenção anunciada. Segundo o autarca, a obra implica também a substituição de condutas e ramais, a setorização da rede e a criação de um sistema de telegestão. "O problema é estrutural, de génese das redes de água potável, no Funchal e na Madeira, e, por isso, a Câmara Municipal tomou a decisão de mudar estruturalmente a forma como olha para as redes de abastecimento público", disse Miguel Gouveia, sublinhando que este é um "investimento geracional".