Emigrante madeirense no Panamá confinado “há muito tempo”

José Manuel Silva, é um emigrante madeirense no Panamá, está no país há 19 anos e é natural do Paul do Mar. Estudou no Colégio do Infante no Monte e como nos explicou, muitos dos seus colegas dessa altura emigraram. Mas foi em 1971, que o homem que sempre esteve ligado ao mar e à pesca, iniciou a sua aventura ao emigrar para os EUA. O madeirense descreveu-nos uma vida no mar, onde lidou com vários pescadores madeirenses. “Toda a minha vida lidei com pescadores madeirenses na costa do pacífico, antigamente era aqui o ponto de encontro e existiam muitos”. Infelizmente a situação tem sofrido alterações. “Agora no panamá só passam para atravessar o canal para atracar na Colômbia e descarregar em Cartagena. Já não são muitos os pescadores que estão aqui, agora estão a trabalhar mais noutros sítios”. Ainda assim, o madeirense relembrou com carinho, um engenheiro amigo que voltou há pouco tempo para a Madeira, e que o acompanhou em algumas destas aventuras. A situação no Panamá Seguiu-se uma breve abordagem à situação atual no Panamá, perante esta pandemia. “Estamos em quarentena, ninguém pode sair, as saídas estão controladas pelo género e pelos passaportes, com grandes medidas de restrição”. O emigrante acrescenta: “Já estamos assim há muito tempo, antes de Portugal ter entrado em estado de emergência”. O madeirense adiantou-os que “todos estão a seguir as medidas”. Ainda que existam “sempre uns que querem fugir às regras como em todo o lado, mas por enquanto estamos todos bem”. Leia tudo na edição impressa deste sábado do seu JM.

José Manuel Silva, é um emigrante madeirense no Panamá, está no país há 19 anos e é natural do Paul do Mar. Estudou no Colégio do Infante no Monte e como nos explicou, muitos dos seus colegas dessa altura emigraram. Mas foi em 1971, que o homem que sempre esteve ligado ao mar e à pesca, iniciou a sua aventura ao emigrar para os EUA. O madeirense descreveu-nos uma vida no mar, onde lidou com vários pescadores madeirenses. “Toda a minha vida lidei com pescadores madeirenses na costa do pacífico, antigamente era aqui o ponto de encontro e existiam muitos”. Infelizmente a situação tem sofrido alterações. “Agora no panamá só passam para atravessar o canal para atracar na Colômbia e descarregar em Cartagena. Já não são muitos os pescadores que estão aqui, agora estão a trabalhar mais noutros sítios”. Ainda assim, o madeirense relembrou com carinho, um engenheiro amigo que voltou há pouco tempo para a Madeira, e que o acompanhou em algumas destas aventuras. A situação no Panamá Seguiu-se uma breve abordagem à situação atual no Panamá, perante esta pandemia. “Estamos em quarentena, ninguém pode sair, as saídas estão controladas pelo género e pelos passaportes, com grandes medidas de restrição”. O emigrante acrescenta: “Já estamos assim há muito tempo, antes de Portugal ter entrado em estado de emergência”. O madeirense adiantou-os que “todos estão a seguir as medidas”. Ainda que existam “sempre uns que querem fugir às regras como em todo o lado, mas por enquanto estamos todos bem”. Leia tudo na edição impressa deste sábado do seu JM.