Feiras de Natal no Mercado dos Lavradores a partir do próximo domingo

A Câmara Municipal do Funchal organiza, este ano, a 5.ª edição do Natal na Praça, um dos eventos mais populares dinamizados pela autarquia, que vai reunir no Mercado dos Lavradores, ao longo dos três primeiros domingos de dezembro, entre a...

Feiras de Natal no Mercado dos Lavradores a partir do próximo domingo
A Câmara Municipal do Funchal organiza, este ano, a 5.ª edição do Natal na Praça, um dos eventos mais populares dinamizados pela autarquia, que vai reunir no Mercado dos Lavradores, ao longo dos três primeiros domingos de dezembro, entre a Praça do Peixe e o terraço, um total de 127 parceiros, recorde absoluto em termos de participação de comerciantes no evento, com mais 16 comerciantes inscritos relativamente ao ano passado. As diversas feiras temáticas de Natal no Mercado dos Lavradores vão, assim, voltar a aproveitar a quadra para dinamizar o espaço em termos comerciais, dando visibilidade a variadas marcas e a pequenos empreendedores regionais, e multiplicando a oferta à população, sendo que a adesão ao longo dos últimos anos tem crescido de forma evidente, com o evento a mobilizar milhares de madeirenses. O Natal na Praça terá lugar nos dias 1, 8 e 15 de dezembro, ou seja, sempre ao domingo, das 9h00 às 21h00. No dia inaugural, a festa começa com uma feira de 'Decoração, Acessórios e Moda', que vai contar com 47 parceiros, mais cinco do que no ano passado. O dia 8 de dezembro será, por sua vez, constituído pela apresentação de 'Iguarias do Natal madeirense' por parte de 40 marcas e entusiastas, mais três do que em 2018. Finalmente, no último domingo do evento, dia 15, o Mercado será preenchido por diversas mostras locais, a partir das 'Feiras Temáticas' que são dinamizadas semanalmente ao longo de todo o ano, nomeadamente com artesanato, alfarrabismo, velharias e gastronomia, num total de 40 parceiros, mais oito do que no ano transato. A certeza é que em 2019 serão batidos todos os recordes de participação deste evento, potenciando que bem mais de uma centena de pequenos comerciantes locais aproveitem um palco particularmente carismático desta época, como o Mercado dos Lavradores, para vender prendas de Natal surpreendentes, entre artesanato regional, acessórios de moda, artigos de decoração para casa, recordações da quadra e comidas e bebidas tradicionais, entre outras possíveis relíquias inesperadas. A autarquia convida à participação de toda a população neste evento com entradas livres.