Governo compra a totalidade da SDM, mas a gestão da zona franca será concessionada a privados

O presidente do Governo Regional disse hoje que o executivo insular vai adquirir a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira (SDM), a empresa que tem a concessão do Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM), atualmente detida pelo Governo...

Governo compra a totalidade da SDM, mas a gestão da zona franca será concessionada a privados
O presidente do Governo Regional disse hoje que o executivo insular vai adquirir a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira (SDM), a empresa que tem a concessão do Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM), atualmente detida pelo Governo Regional (49%) e pelo Grupo Pestana (51%), mas depois irá concessionar a gestão a privados. Para ultrapassar o problema colocado por Bruxelas e depois pelo Tribunal de Contas, de que não houve concurso internacional na renovação da concessão do CINM, como uma diretiva europeia determinava, o Governo Regional decidiu comprar a totalidade do capital da SDM – um negócio cujo valor ainda é desconhecido. Mas a compra da totalidade da empresa que tem a concessão do CINM não vai implicar que seja o governo a assumir a gestão. Segundo disse esta tarde Miguel Albuquerque, a compra “não significa que depois não se abra um concurso para concessionar a gestão por parte de privados, porque o que mais faltava era o governo estar a administrar uma empresa de captação de empresas e que tão bons resultados tem tido”, afirmou.