Governo estuda possibilidade de Fundo Internacional financiar obras no Porto do Funchal

Miguel Albuquerque diz que a regionalização dos portos da Madeira foi fundamental para a consolidação do desenvolvimento regional e da Autonomia. O presidente do Governo Regional (GR) anunciou, esta tarde, durante um colóquio sobre os 40 anos...

Governo estuda possibilidade de Fundo Internacional financiar obras no Porto do Funchal
Miguel Albuquerque diz que a regionalização dos portos da Madeira foi fundamental para a consolidação do desenvolvimento regional e da Autonomia. O presidente do Governo Regional (GR) anunciou, esta tarde, durante um colóquio sobre os 40 anos da regionalização dos portos da Madeira que a Região está a estudar a possibilidade de as obras de requalificação da infraestrutura serem financiadas por um fundo internacional. "Em princípio, será financiado por um Fundo Internacional. É isso que estamos a estudar", afirmou o líder do GR. Para além do aumento em 400 metros da pontinha, estão previstas obras de requalificação na marina. "Com isto resolve-se três problemas: a proteção de toda a frente-mar do Funchal, põe-se o cais norte a funcionar e aumentamos a oferta para os navios cruzeiro", explicou. Lembrando o papel dos portos no desenvolvimento da Madeira, Albuquerque considerou, contudo, que se o Governo da República respeitasse a constituição seguiria o exemplo do Estado espanhol que financia 75% do transporte de pessoas e bens entre Canárias e a Espanha Continental. "Isto é coisa que o Estado não faz", criticou, garantindo que a Madeira vai continuar a lutar, nos quadros nacional e europeu, para não ser prejudicada, nomeadamente na falta de competitividade para fazer chegar produtos ao mercado. "Continuaremos a trabalhar no sentido de que os custos com a ultraperiferia sejam compensados", concluiu.