Homem esteve perdido e desorientado durante 20 horas no Estádio da Luz

Rui Santos, um homem de 34 anos com problemas cognitivos, esteve dado como desaparecido durante 20 horas no Estádio da Luz, em Lisboa. O homem tinha sido visto pela última vez a entrar no estádio pela porta 17, para assistir ao jogo da Champions,...

Homem esteve perdido e desorientado durante 20 horas no Estádio da Luz
Rui Santos, um homem de 34 anos com problemas cognitivos, esteve dado como desaparecido durante 20 horas no Estádio da Luz, em Lisboa. O homem tinha sido visto pela última vez a entrar no estádio pela porta 17, para assistir ao jogo da Champions, na quarta-feira, informa o Correio da Manhã, que explica que o mesmo perdeu-se do grupo que o acompanhava. Rui Santos foi apenas encontrado esta quinta-feira, numa zona de escadas de emergência. A mesma fonte explica que o alerta para o desaparecimento tinha sido dado pouco antes do encontro entre o Benfica e o Lyon, ao final da tarde de quarta-feira. Os monitores do lar da Cercitop, cooperativa social de Mem Martins, Sintra, onde o homem reside, tinham levado utentes a verem o jogo – que terminou com a vitória do Benfica por 2-1 – quando Rui Santos desapareceu. "Estava uma grande confusão na porta, tivemos de dividir-nos. Já nas bancadas, percebemos que não estava com ninguém. Foi uma aflição", disse Elisabete Duarte, da Cercitop, ao CM. Foi dado o alerta para o desaparecimento aos seguranças do estádio, e como estes não o conseguiram encontrar, avisaram a PSP. A videovigilância e sistema eletrónico mostravam que o homem tinha entrado no estádio, mas o rasto perdia-se depois. Foram feitas buscas no interior e exterior do Estádio da Luz depois do jogo, mas sem sucesso. O homem passou a noite no estádio e só uma análise detalhada às imagens de vigilância permitiu encontrá-lo, acrescenta a mesma fonte. "Foi encontrado bem de saúde, não tinha frio porque passou o tempo abrigado, sem ferimentos", revelou Elisabete Duarte.