Hospital das Forças Armadas acolhe 20 doentes covid-19 em nova ala de internamento

​O Hospital das Forças Armadas - Polo de Lisboa (HFAR-PL) recebeu, hoje à tarde 20 doentes covid-19, provenientes dos Hospitais de Vila Franca, Garcia de Orta, Beatriz Ângelo, Fenando Fonseca e Setúbal. Uma equipa médica do HFAR-PL recebeu os doentes, encaminhando-os para uma das novas alas criadas para internamento de doentes covid-19, onde lhes está a ser prestado o devido acompanhamento médico. Este apoio é realizado , no âmbito do protocolo de colaboração estabelecido entre o HFAR-PL e a ARS LVT, tendo o transporte sido realizado por ambulâncias da região. Atualmente  encontram-se 117 doentes internados no Polo de Lisboa, estando-lhes a ser prestados os devidos cuidados de saúde. O Hospital das Forças Armadas está, desde a semana passada, a reforçar a sua capacidade de internamento, em Lisboa, para doentes covid-19, com mais 140 camas (130 de internamento em enfermaria e 10 de cuidados intensivos). Com este reforço, o Hospital das Forças Armadas passará a operar, em Lisboa, um total de 274 camas de enfermaria, sendo 197 para doentes covid-19 (72%) e 20 camas de cuidados intensivos, das quais, 15 destinadas a doentes covid-19 (75%).

Hospital das Forças Armadas acolhe 20 doentes covid-19 em nova ala de internamento
​O Hospital das Forças Armadas - Polo de Lisboa (HFAR-PL) recebeu, hoje à tarde 20 doentes covid-19, provenientes dos Hospitais de Vila Franca, Garcia de Orta, Beatriz Ângelo, Fenando Fonseca e Setúbal. Uma equipa médica do HFAR-PL recebeu os doentes, encaminhando-os para uma das novas alas criadas para internamento de doentes covid-19, onde lhes está a ser prestado o devido acompanhamento médico. Este apoio é realizado , no âmbito do protocolo de colaboração estabelecido entre o HFAR-PL e a ARS LVT, tendo o transporte sido realizado por ambulâncias da região. Atualmente  encontram-se 117 doentes internados no Polo de Lisboa, estando-lhes a ser prestados os devidos cuidados de saúde. O Hospital das Forças Armadas está, desde a semana passada, a reforçar a sua capacidade de internamento, em Lisboa, para doentes covid-19, com mais 140 camas (130 de internamento em enfermaria e 10 de cuidados intensivos). Com este reforço, o Hospital das Forças Armadas passará a operar, em Lisboa, um total de 274 camas de enfermaria, sendo 197 para doentes covid-19 (72%) e 20 camas de cuidados intensivos, das quais, 15 destinadas a doentes covid-19 (75%).