Hotelaria 'encerra' portas na Madeira

Restam agora apenas 260 dos 7.500 turistas que estavam alojados nas 160 unidades hoteleiras da Madeira, refere Eduardo Jesus ao JM. Alguns hoteleiros esperam que a crise termine rápido e garantem que os salários dos milhares de trabalhadores estão, para já, assegurados. Esta é a notícia que faz hoje manchete no seu JM.    Relativamente aos desafios da Diáspora, madeirenses estranham estradas vazias pela Europa fora. Manuel Cabral e Renato Pedro são motoristas profissionais. Em época de pandemia, conduzem pelas estradas europeias. "Um deserto", diz um. "Parece o Paul da Serra", diz outro.  Na Educação, os excessos de trabalhos de casa indigna pais. Já numa faixa etária diferente, nos idosos, os funcionários dos centros de dia reforçam lares.    Saiba também sobre os vizinhos que 'expulsam' profissionais de saúde de casa cedida por empresário.  Portugal continental entra na fase mais grave do contágio. Na Madeira, a Região contabiliza mais quatro novos casos positivos. No Reino Unido, universitários queixam-se de falta de apoios para regressar.  Chamada ainda para Pedro Calado que quer injetar dinheiro na economia a fundo perdido.  Estes assuntos e muitos mais na edição desta quinta-feira do JM. 

Hotelaria 'encerra' portas na Madeira
Restam agora apenas 260 dos 7.500 turistas que estavam alojados nas 160 unidades hoteleiras da Madeira, refere Eduardo Jesus ao JM. Alguns hoteleiros esperam que a crise termine rápido e garantem que os salários dos milhares de trabalhadores estão, para já, assegurados. Esta é a notícia que faz hoje manchete no seu JM.    Relativamente aos desafios da Diáspora, madeirenses estranham estradas vazias pela Europa fora. Manuel Cabral e Renato Pedro são motoristas profissionais. Em época de pandemia, conduzem pelas estradas europeias. "Um deserto", diz um. "Parece o Paul da Serra", diz outro.  Na Educação, os excessos de trabalhos de casa indigna pais. Já numa faixa etária diferente, nos idosos, os funcionários dos centros de dia reforçam lares.    Saiba também sobre os vizinhos que 'expulsam' profissionais de saúde de casa cedida por empresário.  Portugal continental entra na fase mais grave do contágio. Na Madeira, a Região contabiliza mais quatro novos casos positivos. No Reino Unido, universitários queixam-se de falta de apoios para regressar.  Chamada ainda para Pedro Calado que quer injetar dinheiro na economia a fundo perdido.  Estes assuntos e muitos mais na edição desta quinta-feira do JM.