Idosa morre na sequência de uma paragem cardiorrespiratória no Funchal 

Uma idosa, de 86 anos, morreu esta manhã, no edifício da Quinta da Falésia, na Estrada Monumental, na sequência de uma paragem cardiorrespiratória. Os Bombeiros Sapadores do Funchal foram chamados, por volta das 8h20, mas na chegada ao local a mulher já se encontrava em paragem cardiorrespiratória. O socorro acabou por ser infrutífero e a vítima acabou por morrer. A PSP tomou conta da ocorrência

Idosa morre na sequência de uma paragem cardiorrespiratória no Funchal 
Uma idosa, de 86 anos, morreu esta manhã, no edifício da Quinta da Falésia, na Estrada Monumental, na sequência de uma paragem cardiorrespiratória. Os Bombeiros Sapadores do Funchal foram chamados, por volta das 8h20, mas na chegada ao local a mulher já se encontrava em paragem cardiorrespiratória. O socorro acabou por ser infrutífero e a vítima acabou por morrer. A PSP tomou conta da ocorrência