Informações sobre saúde de Dolores Aveiro serão apenas disponibilizadas à família

O Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira - SESARAM E.P.E. confirmou, em comunicado enviado há instantes à nossa redação, "a entrada da utente D. Dolores Aveiro, na madrugada de hoje, 3 de março, com um Acidente Vascular Cerebral (AVC)...

Informações sobre saúde de Dolores Aveiro serão apenas disponibilizadas à família
O Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira - SESARAM E.P.E. confirmou, em comunicado enviado há instantes à nossa redação, "a entrada da utente D. Dolores Aveiro, na madrugada de hoje, 3 de março, com um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquémico, com pouco tempo de evolução, o que permitiu a realização de duas terapêuticas de recanalização vascular, a química (trombólise) e a mecânica (trombectomia). Estas terapêuticas contribuem para a melhoria do prognóstico. Até ao momento, a evolução da situação clínica decorre conforme esperado". A nota de impresa realça que "o AVC, na sua fase aguda tem sempre um prognóstico reservado" e "em cumprimento do Regulamento Geral de Proteção de Dados, o SESARAM não poderá facultar qualquer outro tipo de informação sobre este caso em concreto e a sua evolução, matéria que é reservada aos familiares". Assim sendo, o SESARAM reforça que "toda a informação clínica será dada a conhecer única e exclusivamente à família da utente, que a poderá tornar pública (ou não), um direito que lhes assiste e que deve ser respeitado".