JPP convida taxistas à Assembleia para acompanhar “Lei Uber”

O JPP convidou hoje todos os profissionais do táxi "a acompanhar a discussão do diploma conhecido como Lei Uber, na Assembleia Legislativa Regional” porque, no seu entender, “irá destruir o setor do táxi, pela falta de regulação". O deputado...

JPP convida taxistas à Assembleia para acompanhar “Lei Uber”
O JPP convidou hoje todos os profissionais do táxi "a acompanhar a discussão do diploma conhecido como Lei Uber, na Assembleia Legislativa Regional” porque, no seu entender, “irá destruir o setor do táxi, pela falta de regulação". O deputado Élvio Sousa, numa iniciativa do Partido que decorreu esta manhã, junto a várias praças de táxi do Funchal, lembrou “a importância do setor do táxi para o turismo na Região” bem como a “dependência de centenas de famílias desta atividade”. “Neste momento, o JPP está do lado dos taxistas no sentido de exigir que a Região Autónoma da Madeira, com a sua autonomia administrativa, acionone as suas ferramentas, os seus poderes de regulação”, frisou o líder parlamentar. “E regular não quer dizer que não entrem as plataformas, mas sim, obrigar à definição de regras, de contingentes, que vão ao encontro daquilo que é a nossa realidade Regional. Na Região temos 834 licenças, com um contingente que não é alterado desde 1982 e que, mesmo assim, apresenta um rácio muito acima do recomendado pela União Europeia”, justificou Élvio Sousa. “Não pode imperar a lei da selva. Temos maior oferta do que a procura para o nosso mercado de escala reduzida o que obriga, necessariamente, à regulação séria deste setor” pelo que, Élvio Sousa reforçou o convite aos taxistas para comparecerem e acompanharem a discussão do diploma, destacando a importância da união dos taxistas nesta matéria. “É importante que os taxistas estejam unidos para acompanhar o debate, aquilo que vai ser defendido e aquilo que vão ser as propostas de alteração dos partidos”, concluiu o deputado.