Lista 'Chegar a Todos' de Miguel Castro rejeitada

A lista 'Chegar a Todos', encabeçada por Miguel Castro foi hoje rejeitada pelo presidente da mesa com a justificação de que a mesma apresentava "algumas irregularidades". O anúncio foi feito pelo próprio candidato à liderança do Chega na Madeira, Miguel Castro. "Caros militantes, simpatizantes, apoiantes e amigos, é com um profundo sentimento de impotência, e com alguma tristeza que venho anunciar, que depois de muitas correcções, de muitas trocas de emails, de falta e ocultação de informação, que venho vos informar que mesmo em cima da hora fomos informados que a nossa candidatura não seria aceite pelo presidente da mesa, pois segundo o mesmo continuavam algumas irregularidades. A mesa considerou a nossa candidatura como NÃO aceite. Pois é, termina assim esta disputa que sempre a desejamos que fosse democrática e o mais transparente possível. Amanhã será dia dos militantes apenas inscritos até o dia 02 de Março, segundo os Estatutos Nacionais, poderem votar. Só haverá uma lista concorrente, portanto, só haverá uma lista vencedora. À lista vencedora deixo desde já as minhas felicitações e faço votos para que continuem a fazer do CHEGA o partido das pessoas que clamam por um Portugal melhor. SOMOS TODOS CHEGA!!! A vocês todos que apoiaram a minha candidatura um Muito Obrigado e um grande Abraço!", escreveu Miguel Castro na página oficial da sua candidatura no Facebook. Recorde-se que este sábado o partido vai a eleições na Madeira para eleger o seu líder. Saindo Miguel Castro, fica a lista de Fernando Gonçalves com o lema 'No rumo certo com competência". e Transparência

Lista 'Chegar a Todos' de Miguel Castro  rejeitada
A lista 'Chegar a Todos', encabeçada por Miguel Castro foi hoje rejeitada pelo presidente da mesa com a justificação de que a mesma apresentava "algumas irregularidades". O anúncio foi feito pelo próprio candidato à liderança do Chega na Madeira, Miguel Castro. "Caros militantes, simpatizantes, apoiantes e amigos, é com um profundo sentimento de impotência, e com alguma tristeza que venho anunciar, que depois de muitas correcções, de muitas trocas de emails, de falta e ocultação de informação, que venho vos informar que mesmo em cima da hora fomos informados que a nossa candidatura não seria aceite pelo presidente da mesa, pois segundo o mesmo continuavam algumas irregularidades. A mesa considerou a nossa candidatura como NÃO aceite. Pois é, termina assim esta disputa que sempre a desejamos que fosse democrática e o mais transparente possível. Amanhã será dia dos militantes apenas inscritos até o dia 02 de Março, segundo os Estatutos Nacionais, poderem votar. Só haverá uma lista concorrente, portanto, só haverá uma lista vencedora. À lista vencedora deixo desde já as minhas felicitações e faço votos para que continuem a fazer do CHEGA o partido das pessoas que clamam por um Portugal melhor. SOMOS TODOS CHEGA!!! A vocês todos que apoiaram a minha candidatura um Muito Obrigado e um grande Abraço!", escreveu Miguel Castro na página oficial da sua candidatura no Facebook. Recorde-se que este sábado o partido vai a eleições na Madeira para eleger o seu líder. Saindo Miguel Castro, fica a lista de Fernando Gonçalves com o lema 'No rumo certo com competência". e Transparência