Madeira mais preparada para responder a catástrofes

Está a decorrer no Funchal o 20.º curso básico de treino em socorro em catástrofes, denominado "Madeira Medical Response Incidence". Está também a decorrer o terceiro curso de instrutores de castástrofes, formações que também já se realizaram...

Madeira mais preparada para responder a catástrofes
Está a decorrer no Funchal o 20.º curso básico de treino em socorro em catástrofes, denominado "Madeira Medical Response Incidence". Está também a decorrer o terceiro curso de instrutores de castástrofes, formações que também já se realizaram na Madeira, em 2014, nos Açores em 2016 mas que agora está também de regresso à Madeira. Luís Vale, diretor do curso de instrutores MRMI explica o porquê de realizar novo curso na Madeira. "O Conceito tem vindo a desenvolver-se em Portugal e na Europa e neste sentido, em 10 anos já formamos mais de 1500 pessoas em Portugal, somos o centro da Europa que mais forma e depois, estas coisas de catástrofes acontecem. Dois dias depois de ter terminado a reunião, aconteceu a infelicidade com o autocarro com cidadãos alemães. O dispositivo tem de estar preparadas para dar resposta a situações de exceção. Uma dessas situações foi o "Madeira Medical Response Incidence", explicou.