Modelo do apoio judiciário propicia negligências

Luís Pimenta, candidato a bastonário da Ordem dos Advogados, quer alterar o atual modelo do apoio judiciário, que diz estar “totalmente desajustado” e origina “milhares de incidentes entre advogados e beneficiários”. Em entrevista ao JM e à rádio 88.8, acusa o atual bastonário de utilizar a Ordem para fazer campanha e de não defender a classe. “Não nos podemos manter nesta inércia e inoperância”. Esta é a notícia que faz a manchete de hoje do seu JM, numa Primeira Página cujo destaque fotográfico vai para as nossas paisagens idílicas. Pagamentos nas serras não devem incluir residentes. A ACIF está perto de concluir um estudo para ajudar a disciplinar o acesso às serras da Madeira. Jorge Veiga França refere que o documento será entregue ao Governo Regional e integra proposta de não onerar os residentes. Destaque ainda nesta edição para um concurso que obriga a entregar 1.500 portáteis e 1.500 impressoras em cinco dias. A Associação de Casas do Povo da RAM investiu perto de 900 mil euros na aquisição de material informático. Dos três concorrentes, apenas um cumpriu os requisitos. O prazo reduzido para a entrega e a qualidade dos equipamentos geram celeuma. Quanto ao Orçamento Participativo, dois milhões de euros para projetos nos Prazeres e Porto da Cruz. Conheça as 56 propostas vencedoras da edição deste ano. Saiba também que aumento das dormidas atingiu os 836% em Câmara de Lobos. Números revelados no âmbito das celebrações do 187.º aniversário do concelho.

Modelo do apoio judiciário propicia negligências
Luís Pimenta, candidato a bastonário da Ordem dos Advogados, quer alterar o atual modelo do apoio judiciário, que diz estar “totalmente desajustado” e origina “milhares de incidentes entre advogados e beneficiários”. Em entrevista ao JM e à rádio 88.8, acusa o atual bastonário de utilizar a Ordem para fazer campanha e de não defender a classe. “Não nos podemos manter nesta inércia e inoperância”. Esta é a notícia que faz a manchete de hoje do seu JM, numa Primeira Página cujo destaque fotográfico vai para as nossas paisagens idílicas. Pagamentos nas serras não devem incluir residentes. A ACIF está perto de concluir um estudo para ajudar a disciplinar o acesso às serras da Madeira. Jorge Veiga França refere que o documento será entregue ao Governo Regional e integra proposta de não onerar os residentes. Destaque ainda nesta edição para um concurso que obriga a entregar 1.500 portáteis e 1.500 impressoras em cinco dias. A Associação de Casas do Povo da RAM investiu perto de 900 mil euros na aquisição de material informático. Dos três concorrentes, apenas um cumpriu os requisitos. O prazo reduzido para a entrega e a qualidade dos equipamentos geram celeuma. Quanto ao Orçamento Participativo, dois milhões de euros para projetos nos Prazeres e Porto da Cruz. Conheça as 56 propostas vencedoras da edição deste ano. Saiba também que aumento das dormidas atingiu os 836% em Câmara de Lobos. Números revelados no âmbito das celebrações do 187.º aniversário do concelho.