‘Motor Lobos’ entrega 450 euros em bens alimentares e de higiene à ‘Garouta do Calhau’

A Motor Lobos Competições informou em comunicado que entregou no passado sábado, 7 de dezembro, à associação 'Garouta do Calhau' os bens alimentares e de higiene, avaliados em 450 euros, recolhidos na Rampa da Camacha, ultima prova do Troféu...

‘Motor Lobos’ entrega 450 euros em bens alimentares e de higiene à ‘Garouta do Calhau’
A Motor Lobos Competições informou em comunicado que entregou no passado sábado, 7 de dezembro, à associação 'Garouta do Calhau' os bens alimentares e de higiene, avaliados em 450 euros, recolhidos na Rampa da Camacha, ultima prova do Troféu Regional de Rampas AMAK. “Foi uma carrinha cheia de produtos que a Motor Lobos Competições e os seus voluntários recolheram, e que vão ser entregues pela Garouta do Calhau a famílias mais necessitadas sinalizadas por esta instituição”, lê-se na mesma nota. É ainda ressaltado que a iniciativa partiu do Filipe Silva, patrão da Motor Lobos e do seu navegador Guilherme Coelho, tendo sido “muito acolhida por todos os elementos da equipa Motor Lobos, clubes organizadores e equipas que participaram na Rampa da Camacha”. Segundo Guilherme Coelho no ato da entrega dos donativos destacou "foi uma sensação de dever cumprido e satisfação por conseguirmos associar o desporto que todos nos gostamos com uma iniciativa de solidariedade e podermos ajudar dezenas de pessoas com o que conseguimos angariar. Quero agradecer acima de tudo todas as pessoas que nos ajudaram, especialmente as empresas Motor Lobos Competições, Vaquinha do Calhau, AS Car, à AMAK, ao ACCS, ao Clube Desportivo Nacional da Madeira e a todas as pessoas anonimas que nos ajudaram. Obrigado a todos e espero novamente repetir iniciativas deste género."   Já Filipe Silva, timoneiro da Motor Lobos, declarou: "esta iniciativa nada tem a ver com a nossa equipa, nem nada do que recolhemos foi para a nossa equipa, queremos deixar bem claro que isto tem a ver de ajudar os outros. Recebemos 211€ e está tudo nas compras que entregamos à Garouta do Calhau. O dinheiro foi só para ajudar os outros e quem precisa."   Ricardo Silva, presidente da Garouta do Calhau não quis deixar a oportunidade para agradecer "em nome das pessoas que vão receber estes bens”. “Sabemos que é muito importante não só para elas, mas também para todos que contribuíram. Nós não ajudamos as pessoas só no Natal mas durante todo o ano. Agradecemos toda a ajuda que nos dão”, frisou. A "Garouta do Calhau surge do nome que atribuíam às crianças mais pobres antigamente, as que não valiam nada. Nós queremos ser garotos do calhau mesmo por causa disso, para transformar em bom aquilo que era mau. No fundo o que nós queremos e o nosso objetivo é que os garotos do calhau sejam miúdos felizes e não sejam as crianças pobres que vivam a margem da sociedade" explicou Ricardo Silva. Quanto ao futuro, Filipe Silva deixa a promessa:  "vamos fazer outras iniciativas temáticas ao longo do próximo ano, vamos tentar também ajudar os animais, entre outras entidades e associações que ajudam pessoas com dificuldades. Não vai ser em todas provas, mas em algumas, será sem dúvidas uma iniciativa a repetir."