Plano de Desenvolvimento debatido a 8 de outubro

Da conferência de representantes dos partidos, saiu ainda a decisão de agilizar e melhorar processos de gestão e reconhecimento dos recursos humanos da ALRAM e ainda a promoção de 12 eventos culturais.   O Plano de Desenvolvimento Económico e Social da Região, até 2030, será discutido no plenário madeirense no próximo dia 8 de outubro, com a presença de membros do Governo Regional. Esta a principal resolução saída da reunião presencial da Conferência de Representantes dos Partidos, que decorreu no intervalo da sessão plenária, desta quarta-feira. 12 EVENTOS MUSICAIS Da reunião, por proposta do presidente José Manuel Rodrigues, acolhida por unanimidade, ficou decidido que a Assembleia Regional um conjunto de 12 espetáculos musicais. Visam “o apoio cultural desta Assembleia e também a aproximação à populaçã0”, conforme referenciou José Manuel Rodrigues. Os espetáculos decorrem entre outubro e julho próximo, preferencialmente no adro da capela à entrada da ALRAM. Caso as condições climáticas assim não o permitam, então serão no Salão Nobre. O concerto de 1 de julho de 2020, dia da Região, está já incluído nesta série de eventos. “Com a certeza de que a cada evento será “solicitado ao IASaúde um plano de contingência”, referiu o líder da Assembleia. MÉRITO AOS FUNCIONÁRIOS Por último, também por decisão do presidente e, igualmente, registando unanimidade, será elaborado um novo regulamento de gestão e desempenho dos funcionários da ALRARM. Consiste “em dar mais transparência à avaliação e reconhecer melhor o mérito dos funcionários, elementos “importantes no desempenho desta Assembleia”.

Plano de Desenvolvimento debatido a 8 de outubro
Da conferência de representantes dos partidos, saiu ainda a decisão de agilizar e melhorar processos de gestão e reconhecimento dos recursos humanos da ALRAM e ainda a promoção de 12 eventos culturais.   O Plano de Desenvolvimento Económico e Social da Região, até 2030, será discutido no plenário madeirense no próximo dia 8 de outubro, com a presença de membros do Governo Regional. Esta a principal resolução saída da reunião presencial da Conferência de Representantes dos Partidos, que decorreu no intervalo da sessão plenária, desta quarta-feira. 12 EVENTOS MUSICAIS Da reunião, por proposta do presidente José Manuel Rodrigues, acolhida por unanimidade, ficou decidido que a Assembleia Regional um conjunto de 12 espetáculos musicais. Visam “o apoio cultural desta Assembleia e também a aproximação à populaçã0”, conforme referenciou José Manuel Rodrigues. Os espetáculos decorrem entre outubro e julho próximo, preferencialmente no adro da capela à entrada da ALRAM. Caso as condições climáticas assim não o permitam, então serão no Salão Nobre. O concerto de 1 de julho de 2020, dia da Região, está já incluído nesta série de eventos. “Com a certeza de que a cada evento será “solicitado ao IASaúde um plano de contingência”, referiu o líder da Assembleia. MÉRITO AOS FUNCIONÁRIOS Por último, também por decisão do presidente e, igualmente, registando unanimidade, será elaborado um novo regulamento de gestão e desempenho dos funcionários da ALRARM. Consiste “em dar mais transparência à avaliação e reconhecer melhor o mérito dos funcionários, elementos “importantes no desempenho desta Assembleia”.