Polícia desprotegida 

Na notícia de faz hoje manchete do JM, os Sindicatos de polícias questionam a eficácia dos equipamentos de proteção individual e revelam os "medos" de quem tem a "consciência de que esta missão vai ser prolongada no tempo", afirma Adelino Camacho.  Também em destaque, a Saúde em choque tolera receios da população. A comunidade médica admite ter ficado em choque com o episódio que resultou na expulsão de profissionais de saúde de um apartamento cedido por uma empresa no Funchal. O secretário regional Pedro Ramos pede "respeito", assim como os sindicatos dos médicos e enfermeiros, que compreendem o medo, mas não o aceitam.Os detentores de alojamentos garantem que vão continuar a apoiar quem solicitar ajuda.  Chamada ainda para as construtoras que mostram o plano de contingência, Governo Regional ameaça imcumpridores. Nas empresas, saiba que os seguros cobrem acidentes pessoais em regime de teletrabalho. No Governo, 100 milhões de euros a fundo perdido para a economia,  Leia sobre as chegadas de passageiros limitadas a 120 por semana.  Em relações às fiscalizações face ao Covid-19, saiba que os bares fecham a porta mas recebem cliente.  Destaque nesta edição também para os desafios da Diáspora, uma consultora em Londres temeu pelo atraso inglês. A madeirense Cristina Correia (Trade Invest) vê com preocupação os que trabalham nas ruas de Londres.  Leia sobre estes e mais assuntos na edição desta sexta-feira do seu JM. 

Polícia desprotegida 
Na notícia de faz hoje manchete do JM, os Sindicatos de polícias questionam a eficácia dos equipamentos de proteção individual e revelam os "medos" de quem tem a "consciência de que esta missão vai ser prolongada no tempo", afirma Adelino Camacho.  Também em destaque, a Saúde em choque tolera receios da população. A comunidade médica admite ter ficado em choque com o episódio que resultou na expulsão de profissionais de saúde de um apartamento cedido por uma empresa no Funchal. O secretário regional Pedro Ramos pede "respeito", assim como os sindicatos dos médicos e enfermeiros, que compreendem o medo, mas não o aceitam.Os detentores de alojamentos garantem que vão continuar a apoiar quem solicitar ajuda.  Chamada ainda para as construtoras que mostram o plano de contingência, Governo Regional ameaça imcumpridores. Nas empresas, saiba que os seguros cobrem acidentes pessoais em regime de teletrabalho. No Governo, 100 milhões de euros a fundo perdido para a economia,  Leia sobre as chegadas de passageiros limitadas a 120 por semana.  Em relações às fiscalizações face ao Covid-19, saiba que os bares fecham a porta mas recebem cliente.  Destaque nesta edição também para os desafios da Diáspora, uma consultora em Londres temeu pelo atraso inglês. A madeirense Cristina Correia (Trade Invest) vê com preocupação os que trabalham nas ruas de Londres.  Leia sobre estes e mais assuntos na edição desta sexta-feira do seu JM.