Polícias europeias desmantelaram grupo organizado de tráfico de droga

Polícias de vários países europeus detiveram hoje 11 cidadãos holandeses e apreenderam grande quantidade de droga, após um ano de investigação a um grupo criminoso que atuava na Europa, anunciou a Unidade Europeia de Cooperação Judicial (Eurojust)....

Polícias europeias desmantelaram grupo organizado de tráfico de droga
Polícias de vários países europeus detiveram hoje 11 cidadãos holandeses e apreenderam grande quantidade de droga, após um ano de investigação a um grupo criminoso que atuava na Europa, anunciou a Unidade Europeia de Cooperação Judicial (Eurojust). Com o apoio da Eurojust, as autoridades policiais da Alemanha, Dinamarca, Espanha, Itália, Holanda, Suécia, Reino Unido e Noruega desmantelaram um grupo de crime organizado envolvido no transporte e venda de droga em diversos países europeus. A polícia suspeita que os traficantes operavam através do uso de camiões que transportavam droga escondida no meio de outras cargas legais, entre a Espanha e a Holanda, antes de distribuírem o produto por diversos países, disse hoje a Eurojust em comunicado. No total, foram apreendidas quatro toneladas de haxixe, 200 quilos de anfetaminas, 64 quilos de cocaína, 45 quilos de MDMA e 25 quilos de heroína. "Uma empresa de transporte holandesa estava envolvida no tráfico de grandes quantidades de drogas para vários países europeus", afirmou a Eurojust. Após um ano de investigação, as autoridades procederam a diversas prisões, de forma coordenada: 11 cidadãos holandeses foram presos em vários países, incluindo a Noruega, onde outros 50 estão a ser processados por fazerem parte do esquema, explicou a unidade judicial europeia. Em resposta ao crescente número de tiroteios e outros atos de violência em Oslo, as autoridades norueguesas abriram uma investigação sobre este grupo de crime organizado, em 2017, que perceberam estar ligado a membros em países no norte, sul e centro da Europa, pelo que, em setembro de 2018, pediram ajuda à Eurojust, devido à natureza transfronteiriça do crime.