PSD apela à ARM intensificação dos trabalhos na Frente Mar do Caniçal

A Comissão Política do PSD da freguesia do Caniçal apelou hoje à ARM para que "imprima maior celeridade na condução dos trabalhos e que canalize todos os recursos disponíveis para a sua respetiva intensificação, de modo a que, tão cedo quanto possível, tanto os residentes quanto os comerciantes vejam ultrapassados os constrangimentos com que atualmente se deparam". Na origem deste pedido está o  "transtorno que as obras da Frente Mar estão a causar na circulação de pessoas e bens, assim como às limitações que as mesmas têm provocado no comércio envolvente". Reconhecendo que as obras para a canalização de esgotos e águas operadas pela ARM “são fundamentais para o futuro e desenvolvimento do Caniçal, nomeadamente na qualidade das águas balneares e na distribuição de rede de água potável a todos os habitantes da freguesia”, os social-democratas sublinham que, na atual conjuntura de recuperação decorrente da pandemia, “é essencial que se articulem todos os vetores potenciadores em prol da economia local, minimizando os efeitos negativos que possam advir de situações que, sendo necessárias, podem e devem ser concretizadas a um ritmo mais célere e serem concluídas no mais breve espaço de tempo”. O PSD estranha, a este propósito, "o silêncio das entidades autárquicas locais, atendendo a que os arruamentos em causa estão sob a alçada da esfera municipal, demonstrando uma falta de preocupação para com a freguesia do Caniçal que não se compadece com o que devia ser a postura do Município, nesta matéria". “Defender os interesses da freguesia e dos seus comerciantes, independentemente de qualquer circunstância é o nosso único objetivo e estamos aqui para valorizar a freguesia do Caniçal e as suas gentes, por isso exigimos a rápida conclusão destas obras”, concluem os social-democratas do Caniçal.

PSD apela à ARM  intensificação dos trabalhos na Frente Mar do Caniçal
A Comissão Política do PSD da freguesia do Caniçal apelou hoje à ARM para que "imprima maior celeridade na condução dos trabalhos e que canalize todos os recursos disponíveis para a sua respetiva intensificação, de modo a que, tão cedo quanto possível, tanto os residentes quanto os comerciantes vejam ultrapassados os constrangimentos com que atualmente se deparam". Na origem deste pedido está o  "transtorno que as obras da Frente Mar estão a causar na circulação de pessoas e bens, assim como às limitações que as mesmas têm provocado no comércio envolvente". Reconhecendo que as obras para a canalização de esgotos e águas operadas pela ARM “são fundamentais para o futuro e desenvolvimento do Caniçal, nomeadamente na qualidade das águas balneares e na distribuição de rede de água potável a todos os habitantes da freguesia”, os social-democratas sublinham que, na atual conjuntura de recuperação decorrente da pandemia, “é essencial que se articulem todos os vetores potenciadores em prol da economia local, minimizando os efeitos negativos que possam advir de situações que, sendo necessárias, podem e devem ser concretizadas a um ritmo mais célere e serem concluídas no mais breve espaço de tempo”. O PSD estranha, a este propósito, "o silêncio das entidades autárquicas locais, atendendo a que os arruamentos em causa estão sob a alçada da esfera municipal, demonstrando uma falta de preocupação para com a freguesia do Caniçal que não se compadece com o que devia ser a postura do Município, nesta matéria". “Defender os interesses da freguesia e dos seus comerciantes, independentemente de qualquer circunstância é o nosso único objetivo e estamos aqui para valorizar a freguesia do Caniçal e as suas gentes, por isso exigimos a rápida conclusão destas obras”, concluem os social-democratas do Caniçal.