“Queremos os três pontos em Tondela”

O próximo jogo para a I Liga é de grande importância para o Marítimo e, segundo Rúben Macedo, a equipa só pensa em vencer na deslocação a Viseu. Rúben Macedo não tem dúvidas de que o Marítimo tem equipa para fazer um campeonato mais tranquilo e já o demonstrou esta temporada. O extremo português falou ontem à Marítimo TV, numa oportunidade que aproveitou para destacar a união do grupo em fazer uma segunda volta de acordo com os pergaminhos do clube.“A equipa tem muita qualidade e já o demonstrou em muitos momentos, e agora vamos fazer de tudo para voltar às vitórias e para fazer melhor do que o que fizemos na primeira volta”, assegurou o jogador formado no FC Porto que foi contratado pelo Marítimo no início desta época. O regresso aos bons resultados implica necessariamente interromper a série negativa de quatro derrotas seguidas que a equipa ostenta na I Liga, agravada com a eliminação em casa nos quartos-de-final da Taça de Portugal pelo meio.O Tondela é o adversário que se apresenta agora no caminho do regresso à tranquilidade e o atleta não esconde a importância de somar um triunfo na deslocação a Viseu.Macedo espera “um jogo difícil”, a exemplo de todos os já disputados e dos que faltam disputar. “Mas é um jogo importante para nós”, sublinhou, observando que a equipa está a aproveitar esta semana de trabalho maior do que o normal para preparar bem o desafio de modo a regressar à Madeira com os três pontos. Adaptação fácil ao clube e ilhaO atleta falou ainda sobre a adaptação ao clube e à Região, tendo feito questão de sublinhar que a adaptação correu muito bem desde a chegada, não poupando elogios às pessoas da ilha e aos colegas e estrutura do clube. “Desde o primeiro dia que fui sempre muito bem recebido pelos meus colegas e isso facilitou a minha adaptação ao clube e à Ilha da Madeira”, afirmou à Marítimo Tv.“Gosto muito de estar aqui e estou muito feliz por cá estar. Temos um balneário muito unido, somos todos amigos uns dos outros e tentamos ajudar-nos mutuamente dentro e fora de campo. É sem dúvida um bom balneário”, assegurou.Três ausências no treino da CamachaO Marítimo prosseguiu ontem com a preparação do jogo com o Tondela com um apronto realizado na Camacha, o qual ficou marcado pelas ausências do Fábio China, Rodrigo Pinho e Beltrame.

“Queremos os três pontos em Tondela”
O próximo jogo para a I Liga é de grande importância para o Marítimo e, segundo Rúben Macedo, a equipa só pensa em vencer na deslocação a Viseu. Rúben Macedo não tem dúvidas de que o Marítimo tem equipa para fazer um campeonato mais tranquilo e já o demonstrou esta temporada. O extremo português falou ontem à Marítimo TV, numa oportunidade que aproveitou para destacar a união do grupo em fazer uma segunda volta de acordo com os pergaminhos do clube.“A equipa tem muita qualidade e já o demonstrou em muitos momentos, e agora vamos fazer de tudo para voltar às vitórias e para fazer melhor do que o que fizemos na primeira volta”, assegurou o jogador formado no FC Porto que foi contratado pelo Marítimo no início desta época. O regresso aos bons resultados implica necessariamente interromper a série negativa de quatro derrotas seguidas que a equipa ostenta na I Liga, agravada com a eliminação em casa nos quartos-de-final da Taça de Portugal pelo meio.O Tondela é o adversário que se apresenta agora no caminho do regresso à tranquilidade e o atleta não esconde a importância de somar um triunfo na deslocação a Viseu.Macedo espera “um jogo difícil”, a exemplo de todos os já disputados e dos que faltam disputar. “Mas é um jogo importante para nós”, sublinhou, observando que a equipa está a aproveitar esta semana de trabalho maior do que o normal para preparar bem o desafio de modo a regressar à Madeira com os três pontos. Adaptação fácil ao clube e ilhaO atleta falou ainda sobre a adaptação ao clube e à Região, tendo feito questão de sublinhar que a adaptação correu muito bem desde a chegada, não poupando elogios às pessoas da ilha e aos colegas e estrutura do clube. “Desde o primeiro dia que fui sempre muito bem recebido pelos meus colegas e isso facilitou a minha adaptação ao clube e à Ilha da Madeira”, afirmou à Marítimo Tv.“Gosto muito de estar aqui e estou muito feliz por cá estar. Temos um balneário muito unido, somos todos amigos uns dos outros e tentamos ajudar-nos mutuamente dentro e fora de campo. É sem dúvida um bom balneário”, assegurou.Três ausências no treino da CamachaO Marítimo prosseguiu ontem com a preparação do jogo com o Tondela com um apronto realizado na Camacha, o qual ficou marcado pelas ausências do Fábio China, Rodrigo Pinho e Beltrame.