Restrição nas urgências do Hospital do Funchal já entrou em vigor

A partir deste domingo, 8 de março, no âmbito do Plano de Contingência do Covid 19, “é expressamente proibida a entrada de acompanhantes no Serviço de Urgência”, lê-se no aviso afixado à porta, salvo se “o doente estiver totalmente dependente...

Restrição nas urgências do Hospital do Funchal já entrou em vigor
A partir deste domingo, 8 de março, no âmbito do Plano de Contingência do Covid 19, “é expressamente proibida a entrada de acompanhantes no Serviço de Urgência”, lê-se no aviso afixado à porta, salvo se “o doente estiver totalmente dependente de terceiros” ou se “o profissional solicitar a sua presença”. O SESARAM recomenda ainda a quem esteve fora da Região e/ou contactou com pessoas que tenham estado em zonas de maior registo do vírus, apresentando sintomas como febre, tosse e dificuldade respiratória, a não estar em contacto com os doentes.  A partir desta segunda-feira, toda a triagem é feita no exterior, por um enfermeiro, incluindo os que chegam de ambulância.  Depois desta abordagem, o utente é enviado para o respetivo serviço nas urgências ou para a triagem junto à farmácia.