Salário mínimo regional será fixado nos 650,88 euros

Reunida esta manhã, a Comissão Permanente de Concertação Social da Região Autónoma da Madeira, terá já acertado o valor de 650,88 euros como o salário mínimo regional. O salário nacional para 2020 está fixado nos 635 euros, registando-se uma...

Salário mínimo regional será fixado nos 650,88 euros
Reunida esta manhã, a Comissão Permanente de Concertação Social da Região Autónoma da Madeira, terá já acertado o valor de 650,88 euros como o salário mínimo regional. O salário nacional para 2020 está fixado nos 635 euros, registando-se uma majoração na Região de 15,88 euros, 2,5%, enquanto nos Açores o valor será de 666.75, representando um acréscimo de 5% em relação ao mínimo nacional. Recorde-se que no ano que ainda decorre, vigora na Madeira o valor de 615 euros, pelos que este aumento de 35,88 euros representa um aumento na ordem dos 5,8%, sendo necessário recuar até à transição de 2007 para 2008 para encontrar5 um percentual semelhante, quando, então, passou de 411,16 para 434,52 euros. Em termos absolutos, o aumento de 35,88 é o maior de sempre, superando os 29,40 registado entre 2016 e 2017. O valor terá efeitos a partir de 1 de janeiro próximo, mas por que há ainda um caminho a percorrer em termos legislativos, poderá não ter retorno nesse imediato e sim com efeitos retroativos algum tempo depois. Ao que o JM sabe, o valor proposto teve boa aceitação entres os diversos parceiros sociais, sendo que o objetivo que norteou esta proposta foi o de proporcionar um “aumento do Salário Mínimo Regional (SMR) que procurasse refletir os custos de insularidade e o ónus que isso acarreta para as famílias dos trabalhadores madeirenses”.