Santander lança Prémio para apoiar projetos de universitários contra a COVID-19

Estão abertas até 8 de junho as candidaturas para o Prémio Santander UNI.COVID-19, cujo objetivo é distinguir e apoiar projetos e ideias, promovidos por jovens universitários e restante comunidade académica, que contribuam para responder à situação de emergência relacionada com a covid-19. De acordo com o comunicado enviado pelo gabinete de comunicação do banco, os vencedores terão direito a um donativo financeiro que pode chegar ao valor global de 30 mil euros para realizarem os seus projetos ou para chegarem ao maior número possível de beneficiários. Este apoio será distribuído por três fases, podendo em cada uma serem selecionados vários projetos, dependendo dos montantes que sejam decididos atribuir a cada um deles. Os projetos a apoiar serão anunciados sucessivamente nos dias 15 de maio, 29 de maio e 18 de junho. As candidaturas submetidas e não selecionadas numa das datas referidas continuarão válidas até ao último dia indicado. São elegíveis para este Prémio iniciativas já existentes ou novas ideias a desenvolver, desde que relacionadas com a resposta ao contexto de emergência em que vivemos. Podem candidatar-se pessoas singulares que representem projetos com uma ligação à comunidade académica; grupos de estudantes universitários; entidades coletivas com uma ligação à comunidade académica, por exemplo Associações Académicas; mas também entidades com ou sem fins lucrativos, como start-ups com ligações a uma instituição de ensino superior, nomeadamente numa relação de parceria. As candidaturas deverão ser efetuadas através do preenchimento dos elementos solicitados na plataforma de Bolsas Santander e cada candidato poderá apresentar mais do que uma candidatura, sendo que apenas uma delas poderá ser apoiada entre os projetos com que concorra. Mais informações sobre Bolsas Santander em: http://www.bolsas-santander.com/pt    

Santander lança Prémio para apoiar projetos de universitários contra a COVID-19
Estão abertas até 8 de junho as candidaturas para o Prémio Santander UNI.COVID-19, cujo objetivo é distinguir e apoiar projetos e ideias, promovidos por jovens universitários e restante comunidade académica, que contribuam para responder à situação de emergência relacionada com a covid-19. De acordo com o comunicado enviado pelo gabinete de comunicação do banco, os vencedores terão direito a um donativo financeiro que pode chegar ao valor global de 30 mil euros para realizarem os seus projetos ou para chegarem ao maior número possível de beneficiários. Este apoio será distribuído por três fases, podendo em cada uma serem selecionados vários projetos, dependendo dos montantes que sejam decididos atribuir a cada um deles. Os projetos a apoiar serão anunciados sucessivamente nos dias 15 de maio, 29 de maio e 18 de junho. As candidaturas submetidas e não selecionadas numa das datas referidas continuarão válidas até ao último dia indicado. São elegíveis para este Prémio iniciativas já existentes ou novas ideias a desenvolver, desde que relacionadas com a resposta ao contexto de emergência em que vivemos. Podem candidatar-se pessoas singulares que representem projetos com uma ligação à comunidade académica; grupos de estudantes universitários; entidades coletivas com uma ligação à comunidade académica, por exemplo Associações Académicas; mas também entidades com ou sem fins lucrativos, como start-ups com ligações a uma instituição de ensino superior, nomeadamente numa relação de parceria. As candidaturas deverão ser efetuadas através do preenchimento dos elementos solicitados na plataforma de Bolsas Santander e cada candidato poderá apresentar mais do que uma candidatura, sendo que apenas uma delas poderá ser apoiada entre os projetos com que concorra. Mais informações sobre Bolsas Santander em: http://www.bolsas-santander.com/pt