Série "Em viagem" comentada estreia-se esta quinta-feira

A Secretaria Regional de Turismo e Cultura lança esta quinta-feira a divulgação em vídeo das 22 obras dos artistas madeirenses que participaram na exposição inaugural da Quinta Magnólia- Centro Cultural. A exposição "Em viagem", considerada um dos maiores projetos coletivos de Arte Contemporânea levada a cabo nos últimos anos na Madeira, e que foi inaugurada em julho de 2019,  apresentou 22 trabalhos dos artistas Carla Cabral, Susana Figueira, Pedro Berenguer, Miguel Ângelo Martins, Bárbara Sousa, Emanuel Sousa, Carolina Vieira, Mariana Marote, Bruno Côrte, Daniel Melim, Tiago Casanova, Martinho Mendes, Paulo Freitas, Ricardo Barbeito, Cristiana Sousa, Sérgio Benedito, Nuno Henrique, Hugo Brazão, Sílvio Cró, Dayana Lucas, Hélder Folgado e Desidério Sargo, com a curadoria de Márcia de Sousa e Rita Rodrigues. Para a concretização deste projeto, foram convidados vários artistas plásticos, investigadores, professores universitários e críticos de arte, que em breves minutos, procuram explicar a obra, as escolhas do artista e o seu percurso artístico. A Direção Regional da Cultura coordena o projeto, sendo a captação de som de Luís Nunes e a realização de Eduardo Costa. A exposição esteve patente até maio deste ano, e partir desta quinta-feira, o público terá o acesso às obras de cada um dos artistas, através dos vídeos realizados. Coube a Emanuel Gaspar, comentar a obra de Carolina Vieira (n.1994, Funchal), On places and non-places (série), 2019, Acrílico sobre lona de algodão.  Carolina Vieira é licenciada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e mestre em Pintura pela mesma instituição. A sua prática artística utiliza a paisagem para explorar aspetos materiais da própria pintura - composição, forma, transparência, luz e cor – como também a utiliza por ser uma linguagem que permite trabalhar conceitos imateriais como o sublime, através da construção de imagens que são tanto lugares imaginados, como são reais. Imagens que fazem uso da paisagem como intenção ou como narrativa. Emanuel Gaspar é licenciado em História da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e concluiu o mestrado em Arte e Património, pelo Departamento de Arte e Design da Universidade da Madeira. É orador de conferências sobre o Património Móvel e Imóvel. Desenvolve investigação sobre a arquitetura do movimento modernista e moderno da RAM. Tem trabalhos publicados na área do Património Cultural e é corresponsável pela elaboração de alguns inventários concelhios do Património Imóvel da Região Autónoma da Madeira. É investigador do CIERL (Centro de Investigação em Estudos Regionais e Locais) da Universidade da Madeira. Numa nota enviada à nossa redação, o secretário Regional de Turismo e Cultura comenta esta iniciativa. "A série 'Em viagem' comentada permite-nos ter o registo da exposição, disponibilizar para as gerações futuras as obras dos nossos artistas plásticos e em simultâneo facilitar e incentivar o "gosto" pela arte, sendo que estamos a falar de obras magníficas, de artistas plásticos madeirenses". "Este é, aliás, um dos objetivos que o Governo Regional preconiza para a Cultura - torná-la acessível e mais apelativa", defendeu.  Por outro lado, o facto de esta série ficar alojada no canal Cultura Madeira, permite, refere o governante, "divulgar não só a nível regional, mas para todo o mundo, 22 trabalhos que espelham o que de melhor se produz, atualmente, na área da Arte Contemporânea da Madeira".

Série "Em viagem" comentada estreia-se esta quinta-feira
A Secretaria Regional de Turismo e Cultura lança esta quinta-feira a divulgação em vídeo das 22 obras dos artistas madeirenses que participaram na exposição inaugural da Quinta Magnólia- Centro Cultural. A exposição "Em viagem", considerada um dos maiores projetos coletivos de Arte Contemporânea levada a cabo nos últimos anos na Madeira, e que foi inaugurada em julho de 2019,  apresentou 22 trabalhos dos artistas Carla Cabral, Susana Figueira, Pedro Berenguer, Miguel Ângelo Martins, Bárbara Sousa, Emanuel Sousa, Carolina Vieira, Mariana Marote, Bruno Côrte, Daniel Melim, Tiago Casanova, Martinho Mendes, Paulo Freitas, Ricardo Barbeito, Cristiana Sousa, Sérgio Benedito, Nuno Henrique, Hugo Brazão, Sílvio Cró, Dayana Lucas, Hélder Folgado e Desidério Sargo, com a curadoria de Márcia de Sousa e Rita Rodrigues. Para a concretização deste projeto, foram convidados vários artistas plásticos, investigadores, professores universitários e críticos de arte, que em breves minutos, procuram explicar a obra, as escolhas do artista e o seu percurso artístico. A Direção Regional da Cultura coordena o projeto, sendo a captação de som de Luís Nunes e a realização de Eduardo Costa. A exposição esteve patente até maio deste ano, e partir desta quinta-feira, o público terá o acesso às obras de cada um dos artistas, através dos vídeos realizados. Coube a Emanuel Gaspar, comentar a obra de Carolina Vieira (n.1994, Funchal), On places and non-places (série), 2019, Acrílico sobre lona de algodão.  Carolina Vieira é licenciada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e mestre em Pintura pela mesma instituição. A sua prática artística utiliza a paisagem para explorar aspetos materiais da própria pintura - composição, forma, transparência, luz e cor – como também a utiliza por ser uma linguagem que permite trabalhar conceitos imateriais como o sublime, através da construção de imagens que são tanto lugares imaginados, como são reais. Imagens que fazem uso da paisagem como intenção ou como narrativa. Emanuel Gaspar é licenciado em História da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e concluiu o mestrado em Arte e Património, pelo Departamento de Arte e Design da Universidade da Madeira. É orador de conferências sobre o Património Móvel e Imóvel. Desenvolve investigação sobre a arquitetura do movimento modernista e moderno da RAM. Tem trabalhos publicados na área do Património Cultural e é corresponsável pela elaboração de alguns inventários concelhios do Património Imóvel da Região Autónoma da Madeira. É investigador do CIERL (Centro de Investigação em Estudos Regionais e Locais) da Universidade da Madeira. Numa nota enviada à nossa redação, o secretário Regional de Turismo e Cultura comenta esta iniciativa. "A série 'Em viagem' comentada permite-nos ter o registo da exposição, disponibilizar para as gerações futuras as obras dos nossos artistas plásticos e em simultâneo facilitar e incentivar o "gosto" pela arte, sendo que estamos a falar de obras magníficas, de artistas plásticos madeirenses". "Este é, aliás, um dos objetivos que o Governo Regional preconiza para a Cultura - torná-la acessível e mais apelativa", defendeu.  Por outro lado, o facto de esta série ficar alojada no canal Cultura Madeira, permite, refere o governante, "divulgar não só a nível regional, mas para todo o mundo, 22 trabalhos que espelham o que de melhor se produz, atualmente, na área da Arte Contemporânea da Madeira".