Sismo de magnitude 2,2 foi sentido na sexta-feira na ilha Terceira

Um sismo com magnitude de 2,2 na escala de Richter e epicentro a cerca de dois quilómetros a nordeste da freguesia das Doze Ribeiras, na ilha Terceira, fez-se sentir na noite de sexta-feira. Segundo adianta a Proteção Civil dos Açores, que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), o sismo ocorreu às 20:10 locais (21:10 em Lisboa) de sexta-feira. O evento com magnitude de 2,2 na escala de Richter, que tipicamente seria apenas detetado por sismógrafos, fez-se sentir na freguesia das Doze Ribeiras, concelho de Angra do Heroísmo, com intensidade máxima III na Escala de Mercalli Modificada, informam, ainda, as autoridades. Um sismo com esta intensidade é “sentido dentro de casa”, porque “os objetos pendentes baloiçam” e a sua “vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados”, explica o CIVISA.

Sismo de magnitude 2,2 foi sentido na sexta-feira na ilha Terceira
Um sismo com magnitude de 2,2 na escala de Richter e epicentro a cerca de dois quilómetros a nordeste da freguesia das Doze Ribeiras, na ilha Terceira, fez-se sentir na noite de sexta-feira. Segundo adianta a Proteção Civil dos Açores, que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), o sismo ocorreu às 20:10 locais (21:10 em Lisboa) de sexta-feira. O evento com magnitude de 2,2 na escala de Richter, que tipicamente seria apenas detetado por sismógrafos, fez-se sentir na freguesia das Doze Ribeiras, concelho de Angra do Heroísmo, com intensidade máxima III na Escala de Mercalli Modificada, informam, ainda, as autoridades. Um sismo com esta intensidade é “sentido dentro de casa”, porque “os objetos pendentes baloiçam” e a sua “vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados”, explica o CIVISA.