Socicorreia avança com ‘Dubai na Madeira’

Segundo noticia hoje o Jornal ‘Negócios’, o grupo Socicorreia vai investir mais 100 milhões e avançar com o “Dubai na Madeira”. Esta foi uma revelação feita por Custódio Correia, presidente deste grupo imobiliário. “Iremos iniciar a construção dos primeiros edifícios do tão aguardado empreendimento ‘Dubai na Madeira’”, disse o responsável, revelando que já estão em fase de arranque mais uma série de projetos das marcas Século XXI e Varino, esta última em parceria com a AFA, nas cidades de Lisboa, Funchal e Ponta Delgada, com um orçamento de mais de 200 milhões de euros, que deverá ser executado ao longo de cinco anos. Recorde-se que, em 2020, o Socicorreia já havia investido mais de 100 milhões de euros, a solo e em parceria com a AFA, em empreendimentos Varino e da marca própria Século XXI, em diversas cidades do país. Acrescenta-se agora um novo ciclo de investimentos, cujo valor também irá situar-se nos 100 milhões. De acordo com o jornal ‘Negócios, neste projeto ‘Dubai na Madeira’, o consórcio promotor arranca este ano com os primeiros dois edifícios, investindo 35 milhões de euros. Já em Lisboa, serão mais dois os edifícios Varino, onde o consórcio Socicorreira-AFA vai investir 45 milhões de euros. É ainda apontado por esta publicação que, para além do ‘Dubai na Madeira’ a edificar no Funchal, este grupo imobiliário deverá arrancar também com um outro empreendimento residencial nas Virtudes, que terá cerca de 100 apartamentos voltados para o mar. De salientar que o Socicorreira tem também em curso obras na Ponta Delgada e em Braga. “O grupo Socicorreia não sentiu o impacto da pandemia no setor, quer a nível financeiro, quer em termos de procura”, garantiu Custódio Correia, esclarecendo que os negócios se mantiveram, tendo este grupo fechado 2020 “com uma faturação superior a 50 milhões de euros”, contra 45 milhões do ano anterior.

Socicorreia avança com ‘Dubai na Madeira’
Segundo noticia hoje o Jornal ‘Negócios’, o grupo Socicorreia vai investir mais 100 milhões e avançar com o “Dubai na Madeira”. Esta foi uma revelação feita por Custódio Correia, presidente deste grupo imobiliário. “Iremos iniciar a construção dos primeiros edifícios do tão aguardado empreendimento ‘Dubai na Madeira’”, disse o responsável, revelando que já estão em fase de arranque mais uma série de projetos das marcas Século XXI e Varino, esta última em parceria com a AFA, nas cidades de Lisboa, Funchal e Ponta Delgada, com um orçamento de mais de 200 milhões de euros, que deverá ser executado ao longo de cinco anos. Recorde-se que, em 2020, o Socicorreia já havia investido mais de 100 milhões de euros, a solo e em parceria com a AFA, em empreendimentos Varino e da marca própria Século XXI, em diversas cidades do país. Acrescenta-se agora um novo ciclo de investimentos, cujo valor também irá situar-se nos 100 milhões. De acordo com o jornal ‘Negócios, neste projeto ‘Dubai na Madeira’, o consórcio promotor arranca este ano com os primeiros dois edifícios, investindo 35 milhões de euros. Já em Lisboa, serão mais dois os edifícios Varino, onde o consórcio Socicorreira-AFA vai investir 45 milhões de euros. É ainda apontado por esta publicação que, para além do ‘Dubai na Madeira’ a edificar no Funchal, este grupo imobiliário deverá arrancar também com um outro empreendimento residencial nas Virtudes, que terá cerca de 100 apartamentos voltados para o mar. De salientar que o Socicorreira tem também em curso obras na Ponta Delgada e em Braga. “O grupo Socicorreia não sentiu o impacto da pandemia no setor, quer a nível financeiro, quer em termos de procura”, garantiu Custódio Correia, esclarecendo que os negócios se mantiveram, tendo este grupo fechado 2020 “com uma faturação superior a 50 milhões de euros”, contra 45 milhões do ano anterior.