Te Deum de Pedro Macedo Camacho estreia na última atuação do ano da Orquestra Clássica da Madeira

A Orquestra Clássica da Madeira vai interpretar em primeira audição absoluta o Te Deum do madeirense Pedro Macedo Camacho na última atuação desde ano, na Sé do Funchal, a 31 de dezembro. A Associação Notas e Sinfonias Atlânticas (ANSA) anuncia...

Te Deum de Pedro Macedo Camacho estreia na última atuação do ano da Orquestra Clássica da Madeira
A Orquestra Clássica da Madeira vai interpretar em primeira audição absoluta o Te Deum do madeirense Pedro Macedo Camacho na última atuação desde ano, na Sé do Funchal, a 31 de dezembro. A Associação Notas e Sinfonias Atlânticas (ANSA) anuncia que a atuação está integrada na Missa e o Te Deum que se realiza tradicionalmente a 31 de dezembro. A nota menciona que a orquestra será dirigida pelo maestro Francisco Loreto, constando do programa a apresentação da missa em Sol maior D.167 de Franz Scubert e o TE Deum do “premiado compositor madeirense Pedro Macedo Camacho”. Este Deum foi “escrito e encomendando propositadamente para este dia”, contando com a atuação da orquestra na sua formação completa, acrescenta. O programa inclui “obras históricas e do nosso tempo para culminar este ano de 2019, abrindo as portas para uma nova década, onde a Orquestra Clássica da Madeira pressente realizações de elevado nível artístico, liderando o enriquecimento musical e cultural da nossa região", afirma. Também serão interpretados os cânticos habituais pelo Coro de Câmara da Madeira dirigido pela maestrina Zélia Gomes. A Missa em Sol maior D167 de Franz Schubert [1797-1828] integra Kyrie eleison (Andante con moto), Gloria in excelsis Deo (Allegro maestoso), Credo in unum Deum (Allegro moderato), Sanctus Dominus Deus (Adagio moderato), Benedictus qui venit (Andante grazioso), Agnus Dei, qui tollis peccata mundi (Lento).