Teófilo Cunha espera que este seja o "melhor ano de sempre desde 2007" para as pescas

O secretário regional do Mar e das Pescas disse hoje esperar que este seja o melhor ano de sempre desde 2007 para as pescas na Região. "O valor do pescado descarregado na Madeira até ao mês de agosto de 2019 foi de 18,6 milhões de euros, mais...

Teófilo Cunha espera que este seja o "melhor ano de sempre desde 2007" para as pescas
O secretário regional do Mar e das Pescas disse hoje esperar que este seja o melhor ano de sempre desde 2007 para as pescas na Região. "O valor do pescado descarregado na Madeira até ao mês de agosto de 2019 foi de 18,6 milhões de euros, mais 45% por comparação com o período homólogo, e estima-se que este ano se aproximará e até poderá ultrapassar o melhor ano de sempre desde 2007, que foi o ano de 2017 com 21,7 milhões de euros", referiu, no arranque do debate do Programa do Governo sobre as áreas que tutela. "São números animadores, mas queremos ser mais ambiciosos", disse o secretário regional do Mar e das Pescas. Teófilo Cunha avançou também que a frota pesqueira será substituída, em especial a do peixe-espada preto, com recurso a fundos comunitários, pois a atual está "obsoleta" e "envelhecida". Sobre a polémica em torno da aquacultura, criticada em alguns concelhos, o secretário regional não foi concreto, apenas disse que haverá um "aumento sustentado" do setor para "responder às necessidades de consumo". "Nesta área, Portugal prevê um crescimento anual de 12%, atingindo em 2023 um total de 35 mil toneladas", acrescentou. A terminar, Teófilo Cunha disse que o Governo tem condições "para fazer da Madeira uma região vanguardista no desenvolvimento da economia do mar".