Tripulante de navio de investigação científica resgatado nos Açores

A Força Aérea Portuguesa (FAP) resgatou um tripulante com "lesões graves" numa mão que estava a bordo de um navio de investigação científica a cerca de 1100 milhas náuticas a sudoeste de São Miguel, foi hoje anunciado. Em comunicado, o Comando da Zona Marítima dos Açores informa que o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), coordenou na segunda-feira à noite o resgate deste tripulante de 49 anos, de nacionalidade britânica. O tripulante estava "a bordo do navio de investigação científica “RAMFORM TETHYS”, de bandeira das Bahamas, a cerca de 1100 milhas náuticas a sudoeste de São Miguel", e apresentava lesões graves na mão direita, a necessitar de cuidados médicos imediatos, segundo a Marinha. "O resgate foi efetuado pela aeronave EH101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), que transportou o paciente para o aeroporto das Lajes, na Terceira, onde aterrou na noite de quinta-feira e o paciente foi posteriormente transferido para o hospital do Santo Espírito, daquela ilha", acrescenta. Estiveram envolvidos nesta operação o MRCC Delgada, o RCC Lajes, uma aeronave da FAP (EH-101) e uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Tripulante de navio de investigação científica resgatado nos Açores
A Força Aérea Portuguesa (FAP) resgatou um tripulante com "lesões graves" numa mão que estava a bordo de um navio de investigação científica a cerca de 1100 milhas náuticas a sudoeste de São Miguel, foi hoje anunciado. Em comunicado, o Comando da Zona Marítima dos Açores informa que o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), coordenou na segunda-feira à noite o resgate deste tripulante de 49 anos, de nacionalidade britânica. O tripulante estava "a bordo do navio de investigação científica “RAMFORM TETHYS”, de bandeira das Bahamas, a cerca de 1100 milhas náuticas a sudoeste de São Miguel", e apresentava lesões graves na mão direita, a necessitar de cuidados médicos imediatos, segundo a Marinha. "O resgate foi efetuado pela aeronave EH101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), que transportou o paciente para o aeroporto das Lajes, na Terceira, onde aterrou na noite de quinta-feira e o paciente foi posteriormente transferido para o hospital do Santo Espírito, daquela ilha", acrescenta. Estiveram envolvidos nesta operação o MRCC Delgada, o RCC Lajes, uma aeronave da FAP (EH-101) e uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.