“Uma facada nas costas da solidariedade de todo o País”, Élvio Sousa

O líder parlamentar do JPP considera que cada vez fará mais sentido os partidos regionais. Em causa está o chumbo à suspensão do artigo da Lei das Finanças Regionais, que impõe um limite de endividamento. Foi ontem, na Assembleia da República, com votos contra do CDS, PSD e Verdes, inviabilizando uma proposta levada ao debate pelo CDS. Élvio Sousa diz não ter dúvidas de que se tratou de “uma facada nas costas da solidariedade de todo o País”, exaltando que “cada vez faz mais sentido que existam partidos regionais”, com Élvio Sousa a justificar que “não qu3ria levar às costas uma facada destas”, numa referência ao que os deputados madeirenses, de PSD e PS, por exemplo, terão que enfrentar nos próximos tempos. Élvio Sousa entente que “situações de exceção deveriam se refletir em medidas de exceção”, considerando que este seria o caso, tornando mais inexplicável o chumbo de ontem.

“Uma facada nas costas da solidariedade de todo o País”, Élvio Sousa
O líder parlamentar do JPP considera que cada vez fará mais sentido os partidos regionais. Em causa está o chumbo à suspensão do artigo da Lei das Finanças Regionais, que impõe um limite de endividamento. Foi ontem, na Assembleia da República, com votos contra do CDS, PSD e Verdes, inviabilizando uma proposta levada ao debate pelo CDS. Élvio Sousa diz não ter dúvidas de que se tratou de “uma facada nas costas da solidariedade de todo o País”, exaltando que “cada vez faz mais sentido que existam partidos regionais”, com Élvio Sousa a justificar que “não qu3ria levar às costas uma facada destas”, numa referência ao que os deputados madeirenses, de PSD e PS, por exemplo, terão que enfrentar nos próximos tempos. Élvio Sousa entente que “situações de exceção deveriam se refletir em medidas de exceção”, considerando que este seria o caso, tornando mais inexplicável o chumbo de ontem.