Unidade de Alzheimer 'O Dragoeiro' comemora primeiro aniversário

Localizada no coração da Ribeira Brava, a Unidade de Alzheimer – 'O Dragoeiro' é uma obra singular na Região, e uma das três existentes no país.  Foi com casa cheia que a Unidade de Alzheimer do Centro Social e Paroquial de São Bento, da Ribeira Brava, recebeu instituições parceiras, familiares dos utentes e convidados para as comemorações do primeiro aniversário.   Durante as comemorações, Rita Andrade, que presidiu à sessão em representação do presidente do Governo Regional, constatou "o nível de profissionalismo e de excelência da instituição".   Acompanhada pelo presidente do Centro Social e Paroquial, Padre Bernardino Trindade, e pela diretora técnica da Unidade Alzheimer, Bina Pereira, a secretária regional referiu já conhecer de perto este projeto, desde 2017: "altura em que se efetivou o pedido de financiamento para estas instalações e que foi, prontamente, aceite pelo Governo Regional pela importância e caráter nobre e visionário desta iniciativa".   A governante enalteceu "a resiliência do senhor Padre Bernardino e da sua equipa, pelo espírito de missão que o carateriza e a enorme disponibilidade em abraçar este desafio de ajudar as pessoas que sofrem de demência ou de alzheimer, de uma forma totalmente diferenciada."   Rita Andrade vai mais além e explica que esta é uma reposta diferenciada das restantes, pois "cada utente requer um tipo de cuidados e de metodologias de intervenção. Temos também uma equipa de especialistas em neurologia, psicomotricidade, gerontologia. Um conjunto de especialidades que, em articulação e cooperação, dão resposta aos cuidados específicos que cada utente requer".   Outro exemplo da diferenciação, reside nos horários mais alargados que aqueles praticados nos restantes centros de dia: "inicia às 8 da manhã e só fecha às 21 horas. É um apoio que acontece caso a família assim o deseje e funciona ao sábado e aos feriados, com os utentes a regressarem a casa já com banho tomado e refeição dada. Um apoio muito alargado que faz toda a diferença às famílias".   A unidade Alzheimer Dragoeiro funciona em regime de Unidade de Internamento, com capacidade para 18 utentes e de Centro de Dia especializado, com capacidade para  45 utentes e com uma ocupação atual de 16 utentes.   As respostas sociais do Centro Social e Paroquial de São Bento não se esgotam nesta valência,  incluindo ainda: Estrutura Residencial para Idosos/Lar, 2 Centros de Dia (Ribeira Brava e Campanário), 3 Centros de Convívio (Campanário, Furna e Serra de Água), Casa de Abrigo para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, serviço de ajuda domiciliária e emergência alimentar.   A secretária regional terminou por agradecer, em nome do Governo Regional, ao Centro Social e Paroquial de São Bento pelo trabalho de excelência, pela persistência e pela visão, afirmando que esta instituição está sempre "um passo à frente".

Unidade de Alzheimer 'O Dragoeiro' comemora primeiro aniversário
Localizada no coração da Ribeira Brava, a Unidade de Alzheimer – 'O Dragoeiro' é uma obra singular na Região, e uma das três existentes no país.  Foi com casa cheia que a Unidade de Alzheimer do Centro Social e Paroquial de São Bento, da Ribeira Brava, recebeu instituições parceiras, familiares dos utentes e convidados para as comemorações do primeiro aniversário.   Durante as comemorações, Rita Andrade, que presidiu à sessão em representação do presidente do Governo Regional, constatou "o nível de profissionalismo e de excelência da instituição".   Acompanhada pelo presidente do Centro Social e Paroquial, Padre Bernardino Trindade, e pela diretora técnica da Unidade Alzheimer, Bina Pereira, a secretária regional referiu já conhecer de perto este projeto, desde 2017: "altura em que se efetivou o pedido de financiamento para estas instalações e que foi, prontamente, aceite pelo Governo Regional pela importância e caráter nobre e visionário desta iniciativa".   A governante enalteceu "a resiliência do senhor Padre Bernardino e da sua equipa, pelo espírito de missão que o carateriza e a enorme disponibilidade em abraçar este desafio de ajudar as pessoas que sofrem de demência ou de alzheimer, de uma forma totalmente diferenciada."   Rita Andrade vai mais além e explica que esta é uma reposta diferenciada das restantes, pois "cada utente requer um tipo de cuidados e de metodologias de intervenção. Temos também uma equipa de especialistas em neurologia, psicomotricidade, gerontologia. Um conjunto de especialidades que, em articulação e cooperação, dão resposta aos cuidados específicos que cada utente requer".   Outro exemplo da diferenciação, reside nos horários mais alargados que aqueles praticados nos restantes centros de dia: "inicia às 8 da manhã e só fecha às 21 horas. É um apoio que acontece caso a família assim o deseje e funciona ao sábado e aos feriados, com os utentes a regressarem a casa já com banho tomado e refeição dada. Um apoio muito alargado que faz toda a diferença às famílias".   A unidade Alzheimer Dragoeiro funciona em regime de Unidade de Internamento, com capacidade para 18 utentes e de Centro de Dia especializado, com capacidade para  45 utentes e com uma ocupação atual de 16 utentes.   As respostas sociais do Centro Social e Paroquial de São Bento não se esgotam nesta valência,  incluindo ainda: Estrutura Residencial para Idosos/Lar, 2 Centros de Dia (Ribeira Brava e Campanário), 3 Centros de Convívio (Campanário, Furna e Serra de Água), Casa de Abrigo para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, serviço de ajuda domiciliária e emergência alimentar.   A secretária regional terminou por agradecer, em nome do Governo Regional, ao Centro Social e Paroquial de São Bento pelo trabalho de excelência, pela persistência e pela visão, afirmando que esta instituição está sempre "um passo à frente".