Veleiro-escola canadiano Gulden Leeuw escala amanhã no Funchal e estará aberto a visitas

O porto do Funchal recebe, amanhã, o clássico veleiro holandês Gulden Leeuw construído em 1937, e sob gestão da Fundação canadiana sem fins lucrativos ‘Class Afloat’. A bordo seguem 68 alunos de 10 nacionalidades e 10 tripulantes. O veleiro...

Veleiro-escola canadiano Gulden Leeuw escala amanhã no Funchal e estará aberto a visitas
O porto do Funchal recebe, amanhã, o clássico veleiro holandês Gulden Leeuw construído em 1937, e sob gestão da Fundação canadiana sem fins lucrativos ‘Class Afloat’. A bordo seguem 68 alunos de 10 nacionalidades e 10 tripulantes. O veleiro estará aberto a visitas, amanhã, a partir das 11h00 (hora a confirmar). Caso pretenda efetuar visita, a organização pede que os informe relativamente aos seguintes dados: nome, data de nascimento, nº de cartão cidadão, e validade e detalhes de matrícula da viatura para que possam obter autorização de acesso ao porto do Funchal.  Nesta escala, cujo agenciamento está a cargo da Transinsular Madeira – Grupo ETE, o navio-escola irá permanecer no porto do Funchal até à segunda-feira seguinte, 18 de novembro, continuando o roteiro de navegação que envolve 20 portos situados em 4 continentes. Tal como na edição 2018/2019, esta escola flutuante, soltou amarras do porto de Amesterdão no dia 4 de setembro, rumando Lisboa, a primeira escala do semestre.  Depois da visita à capital portuguesa, seguiram-se as escalas em Roma (Itália), Ajaccio (França), Málaga (Espanha) e Agadir (Marrocos) antes da chegada ao Funchal. Após escala no Funchal, o navio segue para o Dakar, terminando a jornada de travessia atlântica (que durará 9 meses) a 25 de maio, novamente em Amesterdão.