Violência doméstica em debate na Francisco Franco

A Escola Secundária de Francisco Franco organiza, na Sala de Sessões ESFF, um debate em torno da temática “Violência Doméstica”, aberto a toda a Comunidade Escolar. No dia 28 de janeiro, entre as 13h30 e as 15h00, decorre o evento com a presença...

Violência doméstica em debate na Francisco Franco
A Escola Secundária de Francisco Franco organiza, na Sala de Sessões ESFF, um debate em torno da temática “Violência Doméstica”, aberto a toda a Comunidade Escolar. No dia 28 de janeiro, entre as 13h30 e as 15h00, decorre o evento com a presença das especialistas Paula Mesquita - diretora do Departamento de Apoio à Família, Infância e Juventude; Teresa Carvalho – diretora da Unidade de Assessoria Técnica daquele Departamento; e Susana Pedra, da Equipa de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica do Instituto da Segurança Social da Madeira, IP-RAM. "No evento será feita referência ao Plano Regional contra a Violência Doméstica, mencionando o tipo de intervenção e apoio que pode ser facultado às famílias, crianças, jovens, adultos e idosos, como resposta às situações de Violência Doméstica na RAM", explica nota de imprensa divulgada pela escola. "A família é uma instituição social básica da Sociedade, que tem sofrido profundas alterações, fruto das transformações socioeconómicas ocorridas nas últimas décadas, que desencadeiam a democratização das relações familiares, a tendência para a simetria de contributos e a participação igualitária entre homens e mulheres na vida familiar. O aparecimento de novos modelos parentais, bem como, um novo lugar dado à criança, desenha novas formas de estar em família. Mas é no seio familiar, um espaço que se deveria pautar por salvaguardar os afetos, os interesses, o bem-estar e a segurança de todos os seus membros, que ocorre a Violência intrafamiliar (doméstica), e que exige respostas prementes no campo legislativo, jurídico, social, económico, cultural e moral", acrescenta. A organização da atividade fica a cargo da Escola Secundária de Francisco Franco, do Instituto de Segurança Social da Madeira, IP-RAM, Departamento de Apoio à Família, Infância e Juventude; Banco dos Afetos, Projeto LIS (Laboratório de Investigação Social) e GPS (Gerar Percursos de Sucesso), contando, igualmente, com a parceria do Clube Europeu ESFF, Escola Embaixadora do Parlamento Europeu ESFF, e da turma 11º31, a desenvolver o seu projeto de Cidadania, em torno do tema da Igualdade de Género.