Jaime Filipe Ramos mostra indignação pelas críticas da oposição em relação à gestão dos lares de idosos

Jaime Filipe Ramos não escondeu a sua indignação pelas críticas da oposição à gestão dos lares de idosos. No território continental “morreram 450 idosos em lares porque não foram tomadas medidas”, disse o líder parlamentar do PSD considerando “conversa da treta” o discurso do PS. Jaime Filipe Ramos lembrou que “na Madeira os lares foram os primeiros do país a fechar, fomos pioneiros”. A acesa troca de palavras entre os dois blocos do plenário vai sendo marcada por alguma emoção dos deputados dos partidos que suportam o Governo, não escondendo um sentimento de injustiça, mormente pelos resultados positivos que a Região apresenta nos lares. “Não é difícil fechar numa altura em que ainda não haviam casos, difícil é reabrir...”, ripostou ainda Élvio Jesus.

Jaime Filipe Ramos não escondeu a sua indignação pelas críticas da oposição à gestão dos lares de idosos. No território continental “morreram 450 idosos em lares porque não foram tomadas medidas”, disse o líder parlamentar do PSD considerando “conversa da treta” o discurso do PS. Jaime Filipe Ramos lembrou que “na Madeira os lares foram os primeiros do país a fechar, fomos pioneiros”. A acesa troca de palavras entre os dois blocos do plenário vai sendo marcada por alguma emoção dos deputados dos partidos que suportam o Governo, não escondendo um sentimento de injustiça, mormente pelos resultados positivos que a Região apresenta nos lares. “Não é difícil fechar numa altura em que ainda não haviam casos, difícil é reabrir...”, ripostou ainda Élvio Jesus.