Pedro Ramos pormete mais psiquiatras para os próximos tempos

O secretário regional da Saúde afirmou, hoje, que o investimento na saúde mental, vai ser melhorado nos próximos anos mas não confirmou se fica com a tutela da Saúde neste novo Governo. Disse também que foi melhorado o acompanhamento ao nível...

Pedro Ramos  pormete mais psiquiatras para os próximos tempos
O secretário regional da Saúde afirmou, hoje, que o investimento na saúde mental, vai ser melhorado nos próximos anos mas não confirmou se fica com a tutela da Saúde neste novo Governo. Disse também que foi melhorado o acompanhamento ao nível de atividade assistencial, com um reforço de psiquiatras mas cujo número (6) não é ainda o ideal. Até o final deste ano, a Saúde na Madeira terá oito e, certamente, na próxima Legislatura, entrarão mais. Pedro Ramos, que falava à comunicação social momentos antes de participar na marcha pela Saúde Mental, a qual foi feita com utentes das várias instituições de saúde mental da Madeira, apontou que a Região tem dedicado especial atenção a esta área, tendo abordado, desde 2017, diversos problemas que estavam a afligir os profissionais. Depois de enunciar vários investimentos feitos no setor, o governante com a tutela da Saúde lembrou que a Madeira tem bons resultados ao nível dos comportamentos auto-lesivos. A taxa de mortalidade por suicídio é a mais baixa do país - como já foi anunciado anteriormente - e a Região foi foi abordada pela comissão de ética dos psicólogos para que os números sejam usados e analisados para se tentar perceber o porquê de, na Madeira, essa taxa ser mais baixa. O secretário regional da Saúde diz que vai ser criada uma intervenção profunda para que a problemática da Saúde Mental deixe de ser considerado um estigma.