12 mortos em tiroteio numa prisão do Panamá

Pelo menos doze pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas na sequência de um tiroteio ocorrido ontem entre reclusos numa prisão do Panamá, de acordo com o Notícias ao Minuto. Segundo as autoridades, foram ainda apreendidas várias armas após...

Pelo menos doze pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas na sequência de um tiroteio ocorrido ontem entre reclusos numa prisão do Panamá, de acordo com o Notícias ao Minuto. Segundo as autoridades, foram ainda apreendidas várias armas após o incidente no estabelecimento prisional de La Joyita, 25 quilómetros a este da capital, incluindo cinco pistolas e três armas de fogo de cano longo. Citado pela mesma fonte, o subdiretor-geral da polícia, Alexis Muñoz, revelou que "12 reclusos perderam a vida, 11 ficaram feridos, dois em estado grave", citado pela France-Presse. "As causas foram conflitos internos", acrescentou ainda, esclarecendo que entre os mortos ou feridos não há "guardas prisionais ou agentes da polícia". O presidente panamense, Laurentino Cortizo, disse que o incidente sugeria que os guardas prisionais ajudavam a contrabandear as armas para o interior. "Estas armas de fogo não caiem do céu, houve obviamente algum tipo de cooperação para que conseguissem levá-las para dentro", disse em comunicado citado pela Reuters. A causa do tiroteio ainda está sob investigação. A prisão de La Joyita, com 3.700 reclusos, tem a maior população carcerária daquele país.